Europa Clipper: missão da NASA almeja explorar oceano na lua de Júpiter

Europa Clipper: missão da NASA almeja explorar oceano na lua de Júpiter

Último Vídeo

A NASA aprovou os planos preliminares para a missão que irá explorar a lua de Júpiter, chamada Europa — local mais provável de abrigar vida alienígena no nosso sistema solar. O lançamento do Europa Clipper está previsto para o início de 2020 e estima-se que ele chegue à órbita de Júpiter no final da década. Essa missão representa a primeira tentativa da agência espacial de estudar com maior proximidade a misteriosa lua congelada — que, cientistas acreditam, esconde um oceano líquido sob sua superfície de gelo. E, bom, nós já estamos cansados de saber que a presença de água propicia o desenvolvimento da vida.

"Estamos todos entusiasmados com a decisão que aproxima a missão Europa Clipper de desvendar os mistérios desse mundo oceânico.", declarou Thomas Zurbuchen, administrador associado da Diretoria de Missão Científica da NASA em um comunicado à imprensa.

Reprodução/4gnews

Uma expedição feita com a sonda Galileo em 1997, sugeriu que havia uma substância condutora (como a água salgada) sob a crosta de gelo. Ademais, estimativas recentes apontam que essa casca possui de 16 a 24 km cobrindo um oceano de 64 a 160 km de profundidade. Até a Fossa das Marianas (que possui status de local oceânico mais profundo da Terra), no Pacífico, fica no chinelo com seus 11.034 metros de profundidade.

A gravidade intensa de Júpiter faz com que os mares fortes de sua lua agitem o núcleo rochoso e metálico. Se, por acaso, os minerais forem extraídos das rochas oceânicas devido a algum fenômeno, a receita para a vida estará completa: água, energia e nutrientes.

Superfície da lua Europa (Reprodução/NASA/Jet Propulsion Laboratory)

O objetivo do Clipper é estudar a superfície lunar à distância e, entre outras análises, procurar um local que ofereça condições propícias para um futuro pouso. Imagens fornecidas pelo Telescópio Hubble indicam que gêiseres de água podem ter se formado na superfície da Europa, aumentando a possibilidade da liberação de minerais. O Clipper ainda está em processo de construção, mas as expectativas da NASA são bem altas quanto as descobertas que irão ser feitas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.