Confusão com medicamentos transforma bebês em 'lobisomens'

Confusão com medicamentos transforma bebês em 'lobisomens'

Último Vídeo

A Agência Espanhola de Medicamentos e Produtos de Saúde confirmou pelo menos 17 casos de bebês que desenvolveram a "síndrome de lobisomem" após uma confusão com medicamentos. Conhecida oficialmente como hipertricose, a condição rara é caracterizada pelo crescimento anormal de cabelos. Alguns casos são leves, mas há situações mais severas, fazendo com que pelos cresçam por todo o corpo, inclusive nas mãos e no rosto.

Mas como 17 bebês viram "lobisomens" da noite para o dia?

De acordo com as autoridades espanholas, todos eles tomaram um xarope com base de omeprazol, que alivia os sintomas de cólicas, tão comuns em bebês. Entretanto, ao analisar em laboratório o conteúdo, descobriu-se que a fórmula do remédio também continha níveis consideráveis de minoxidil, um composto usado para o tratamento de alopecia e calvície masculina, estimulando o crescimento dos cabelos.

a(Fonte: Shutterstock/Nelly B)

A síndrome

A hipertricose é incrivelmente rara, com menos de 50 casos oficialmente documentados em todo o mundo. A causa não é clara, embora especialistas acreditem que ela possa estar ligada a distúrbio genético, desnutrição, presença de tumor maligno ou, como nesse caso, o efeito de uma droga.

Até o momento, os bebês espanhóis "só" apresentaram crescimento excessivo de pelos, mas deverão ser acompanhados para mais avaliações nos próximos meses. Enquanto isso, a empresa farmacêutica responsável pelo medicamento já fez toda a retirada do lote contaminado do mercado.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.