The True Size: o site que 'conserta' o tamanho dos países

The True Size: o site que 'conserta' o tamanho dos países

Último Vídeo

A cartografia é uma ciência milenar e, no entanto, inexata. A história começou na Antiguidade, com o grego Erastótenes, que calculou, antes de qualquer um, a circunferência da Terra e seu raio. Para tanto, ele comparou o ângulo de incidência do Sol em Alexandria e Aswan, cidades do Egito. O resultado foi inacreditável: 46,1 mil quilômetros de circunferência.

Na medida em que a latitude aumenta, o país aparenta ser maior (Fonte: The True Size/Divulgação)

Há milhares de anos, o cara conseguiu passar perto do valor exato que temos hoje: 40 mil km. É evidente que, tantos anos depois desse pontapé inicial, a cartografia sofreu diversas mudanças e evoluções. Contudo, como tudo que é bom dura pouco, seu status de ciência inexata foi descoberto pelo matemático alemão Carl Friedrich Gauss no século 19. Segundo ele, é impossível representar uma esfera em uma folha de papel completamente plana — inevitavelmente, distorções irão acontecer.

O dilema cartográfico

Os cartógrafos tinham, então, um dilema para solucionar. Eles deveriam escolher qual dimensão privilegiar: área, ângulo ou distância dos territórios — porque as três ao mesmo tempo não era viável.

Mas, felizmente, a ciência e a tecnologia estão aí para superar até mesmo desafios que parecem imbatíveis. O site The True Size fez o que a cartografia nunca foi capaz: representar os países na proporção correta. Afinal, é inaceitável que a Groenlândia seja maior do que o Brasil — como vemos nos mapas durante as aulas de geografia.

A Rússia é apenas duas vezes maior do que nosso país quando a comparação é feita na mesma latitude (Fonte: The True Size/Divulgação)

Os responsáveis por esse projeto são James Talmage e Damon Maneice, que utilizaram uma das projeções 2D mais famosas do mundo: a de Mercator. Essa projeção é do tipo cilíndrica e foi criada pelo belga Gerardus Mercator em 1569. A ideia é que, para confeccionar um mapa, o planeta Terra tivesse que ser "enrolado" em um cilindro imaginário.

No Mercator, os ângulos dos países são conservados. Mas, na medida em que a latitude aumenta, a área dos países sofre distorções. Em resumo, quanto mais próximos do Pólo Norte e Sul, maiores os territórios serão. 

Como utilizar o site “The True Size”?

Em primeiro lugar, acesse o site clicando aqui. Irá aparecer um mapa do Google Maps na sua tela com uma aba superior à direita. Nela, você irá digitar o país que deseja “distorcer”. Esse país ficará colorido e você poderá mover o seu contorno com o mouse para qualquer lugar do mapa. 

A Groenlândia em seu tamanho real (Fonte: The True Size/Divulgação)

É possível aplicar esse comando a vários países ao mesmo tempo, que ainda calcula a área exata de cada um deles. Exemplificando, vemos na imagem acima uma comparação entre Brasil e Groenlândia. O tamanho real de cada um é, respectivamente, 8.511.000 km² e 2.166.000 km². No entanto, devido a distorções que acontecem na projeção de Mercator, a Groenlândia aparenta ser 14 vezes maior do que realmente é — quando, na verdade, ela ganha por pouco da pequena Madagascar. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.