Golden Retriever dá à luz filhote verde devido à condição rara

Golden Retriever dá à luz filhote verde devido à condição rara

Último Vídeo

Na Alemanha, a dona de um Golden Retriever aguardava ansiosamente o nascimento dos filhotes de seu cãozinho de estimação, mas imagine o tamanho de sua perplexidade ao observar que um dos nove bebês recém-nascidos não tinha a coloração dourada como era de se esperar. Na verdade, o pequenino tinha um estranho tom verde!

(Fonte: Mirror/Reprodução)

O filhote “de menta” nasceu na metade de outubro — e já fantasiado para o Halloween — na cidade alemã de Wermelskirchen. Joanna Justice, a dona da ninhada dos Goldens, afirmou que inicialmente se preocupou com o fato. Porém, não demorou muito para perceber que a saúde do animal era perfeitamente saudável, assim como de seus oito irmãos.

De acordo com Christian Dimitriadis, o veterinário consultado por Justice, apesar de o jovem “Mojito” — foi assim que ela batizou o filhote — ter seus pelos nessa tonalidade, não vai demorar muito para que a cor normal surja. Isso porque, com o passar do tempo, a tendência é de que o verde comece a esmaecer e com o crescimento do pelo, desapareça.

Cores estranhas na natureza

Apesar de os casos de animais nascerem com uma cor diferenciada serem muito raros, os filhotes esverdeados não são tão incomuns. Sobre esse tema ainda há muito pouco na literatura científica, entretanto, sabe-se que isso acontece devido à exposição a um pigmento biliar chamado de biliverdina, processo que ocorre na vida uterina do animal.

Esse pigmento esverdeado pode ser encontrado na bile, em hematomas, placentas de cães e em uma série de outros fenômenos biológicos. E isso não é algo novo: cientistas já chegaram a identificar a biliverdina (ou biliverdin) até mesmo em cascas de ovos de dinossauros com mais de 6 milhões de anos!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.