Furacão Laura atinge categoria 4

O furacão Laura atingiu nesta quarta-feira (26) a categoria 4 na escala Saffir-Simpson de cinco graus para medição da força de furacões segundo o Centro Nacional de Furacões (NHC na sigla em inglês), divisão do Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos. Na categoria 4 são classificados furacões podem gerar ventos de até 250 quilômetros por hora.

Imagem de satélite da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA) mostra a tempestade se movimentando sobre o Golfo do México nesta quarta-feira (26)Imagem de satélite da Administração Oceânica e Atmosférica Nacional dos Estados Unidos (NOAA) mostra a tempestade se movimentando sobre o Golfo do México nesta quarta-feira (26)

Ainda de acordo com o órgão, a tempestade levou ondas "catastróficas" de até 4,6 a 6 metros em alguns pontos, ventos extremos e inundações ao longo da costa noroeste do Golfo. Estas ondas podem afetar as praias de areia e as ilhas-barreira ao longo da costa central do Golfo, podendo causar erosão na base das dunas, transportar grandes quantidades de areia através dos ambientes costeiros causando mudanças na paisagem e inundações e submergir completamente praias e dunas.

A passagem da tempestade também deixou um rastro de morte no Caribe, com pelo menos nove vítimas fatais na República Dominicana e no Haiti, incluindo um menino de sete anos, que morreu junto com sua mãe depois que um muro desabou em sua casa na República Dominicana e uma menina de dez anos no Haiti.

Furacão Laura chega aos Estados Unidos

Além disso, Laura aproximou-se do Texas e do sudoeste da Louisiana na noite passada, com possíveis danos ao Parque Estadual Sea Rim, no Texas, e à Intracoastal City, na Louisiana, fazendo com que o Storm Prediction Center emitisse um alerta de tornado para grande parte dos dois estados. Segundo a CBS News, pelo menos 20 milhões de pessoas moram no caminho do fenômeno meteorológico e mais de meio milhão foram obrigados a evacuar. As autoridades pediram aos evacuados que fiquem com parentes ou em hotéis para evitar a propagação do coronavírus.

Entre quarta e sexta-feira, Laura deverá produzir chuvas com volumes entre 127 a 254 milímetros. A previsão é que o furacão se movimente sobre o Arkansas na noite de quinta-feira (27) e sobre o vale do Mississippi na sexta-feira (28), de acordo com o NHC.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.