Inusitado: Orangotango macho cuida de sua filha após morte da mãe

Pode até parecer que isso é algo comum, mas não é. Nos Estados Unidos, um orangotango macho foi visto cuidando de sua filha mais nova após a morte da mãe. O caso foi avistado no Zoológico de Denver e é considerado um caso atípico para os animais. Berani teve duas filhas com Nias, falecida em dezembro de 2020.

As duas filhas têm idades bastante diferentes: Hesty tem 10 anos, enquanto Cerah é um bebê de apenas 2 anos de idade. Agora, Berani assumiu o papel de patriarca da família e cuida da cria mais nova.

(Fonte: Denver Zoo/Reprodução)
(Fonte: Denver Zoo/Reprodução)

Orangotango não têm o hábito de cuidar de filhotes

Em seu habitat natural, os orangotangos raramente se envolvem com a prole. Sendo assim, é sempre dever natural da matriarca alimentar e proteger os bebês. Porém, as autoridades do Zoológico de Denver afirmam que Berani assumiu o papel prontamente e Cerah não poderia pedir um pai melhor.

O animal carrega sua filha e eles ficam colados na hora de dormir. Enquanto isso, sua irmã mais velha, Hesty, também assume o papel de protetora quando o pai precisa de uma pausa. As duas podem ser vistas brincando durante o dia!

(Fonte: Denver Zoo/Reprodução)
(Fonte: Denver Zoo/Reprodução)

Até o momento, o zoológico ainda não conseguiu descobrir a causa da morte de Nias, falecida inesperadamente. Os biólogos aguardam os resultados do exame de necropsia realizado pela Universidade Estadual do Colorado para saber mais. Nias faleceu com 32 anos de idade e estava sob a proteção do Zoológico de Denver há 15 anos.

Para atenuar a falta da mãe, os orangotangos se mantiveram juntos e formam o que, agora, é uma família muito feliz, embora atípica para o comportamento dos animais. Segundo os cuidadores, eles estão “seguindo em frente”.

Gostou dessa notícia? Então deixe seu comentário abaixo e aproveite para compartilhar o artigo nas redes sociais!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.