Seja o primeiro a compartilhar

6 maneiras como o mundo irá acabar, segundo a ciência

No passado, os dinossauros — antigos moradores do nosso querido planeta Terra — foram completamente dizimados por um evento surpreendente que provocou a extinção por completa de diversas espécies. Então, o que é que impede com que os seres humanos não sofram eventualmente com o mesmo fim?

Ao que ciência indica, a resposta para essa pergunta é: absolutamente nada. Inclusive, são várias as maneiras possíveis para que uma catástrofe faça com que a humanidade deixe de existir. Pensando nisso, nós fizemos uma lista com seis eventuais acontecimentos que poderiam causar o nosso fim. Fica de olho!

1. Efeito do Sol

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

A maioria dos modelos solares mostra que, em aproximadamente 600 milhões de anos, a luz solar será tão forte que interromperá criticamente todo ciclo de carbonato-silicato na Terra. A interação entre silício e carbono ajudam a manter os níveis de dióxido de carbono na atmosfera, consequentemente tornando o planeta habitável.

Caso uma grande disrupção ocorra, as plantas se tornarão incapazes de realizar a fotossíntese e pararão de produzir oxigênio para nós. Caso isso ocorra, basicamente qualquer ser vivo que respire estaria altamente ameaçado e em risco de extinção.

2. Cometas

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Se há 66 milhões de anos um asteroide acabou com 75% da vida na Terra, nada impede com que um evento parecido aconteça outra vez. Em geral, diversos astros costumam passar bem perto do nosso planeta — principalmente aqueles provenientes do cinturão de asteroides de Marte.

Por outro lado, os cometas costumam vir de distâncias mais longas e com velocidades ainda mais impressionantes, sendo difíceis de detectar por não emitirem luz. Se algum desses imensos projéteis atingir a superfície do nosso lar no futuro, é possível que a nossa raça tenha o mesmo destino dos dinossauros.

3. Inteligência Artificial

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Por mais piada que pareça ser, alguns cientistas realmente acreditam que o fim da humanidade pode ser causada pelas nossas próprias criações: a Inteligência Artificial (IA). Em diferentes cenários, a população de máquinas inteligentes pode sair do nosso controle e gerar um grande risco. 

Portanto, é possível que a IA criada pelos humanos aprenda a desenvolver ferramentas ainda mais inteligentes e faça com que a humanidade se torne obsoleta em questão de instantes. 

4. Erupção colossal

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

No passado, a erupção vulcânica do Vesúvio foi responsável por matar toda a população de Pompeia, na antiga Itália, em questão de minutos. Para alguns pesquisadores, é possível que uma explosão de proporções ainda maiores ameace a nossa existência. 

Na visão da Sociedade Geológica, é questão de tempo para que uma supererupção de pelo menos 4 km³ de material vulcânico aconteça em algum lugar do mundo e mate uma quantidade impressionante de pessoas.

5. Fungos mortíferos

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Uma pandemia de fungos poderia muito bem ser o motivo que ameaçará a vida na Terra no futuro. Atualmente, os quitrídios, organismos microscópicos, já são responsáveis por provocar a extinção de todos os tipos de sapos espalhados pelo mundo todo. 

Um problema com as doenças fúngicas é que elas são relativamente pouco estudadas quando comparadas às doenças bacterianas e virais — apesar das milhões de mortes que podem causar. Sendo assim, é importante que a ciência fique de olho para esse tipo de ameaça. 

6. Efeito bola de neve

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Se qualquer uma das possibilidades citadas nessa lista já é motivo de arrepios, imagine só se todas elas acontecessem de uma só vez. Na visão de alguns pesquisadores, a extinção humana pode ser resultado de diversas catástrofes acontecendo ao mesmo tempo.

As mudanças climáticas têm provocado várias mudanças nos padrões climáticos da Terra e tornando os eventos naturais cada vez mais preocupantes. O aumento das temperaturas fará com que diversas doenças se tornem mais comuns e por aí vai. A degradação do nosso lar é um real motivo de preocupação para os próximos milhares de anos. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER