Hepatite: conheça os 6 tipos de inflamação no fígado

A hepatite é uma condição inflamatória do fígado causada na maioria dos casos por um vírus. Vale ressaltar que o fígado é um órgão vital para o ser humano. Localizado do lado direito superior do abdômen, ele é responsável por diversas funções que regulam o metabolismo de nosso organismo, incluindo:

  • quebra das proteínas, gorduras e carboidratos;
  • excreção de hormônios, colesterol e bilirrubina;
  • filtragem de toxinas;
  • produção de bile, essencial para a digestão.

Quando o fígado sofre qualquer problema, todo o corpo sente os impactos negativos. Por isso, vale a pena ter cuidado e manter a rotina de visitas ao médico. A seguir, você vai conhecer melhor essa doença. Acompanhe.

Tipos de hepatite viral

Veja como cada tipo de hepatite entra no corpo humano.

1. Hepatite A

(Fonte: Newslab/ Reprodução)(Fonte: Newslab/ Reprodução)

A hepatite A é transmitida frequentemente pelo consumo de água e alimentos contaminados por fezes de uma pessoa que já tem a doença. O vírus causador desse tipo é chamado de HAV.

2. Hepatite B

(Fonte: Portal Palhoca/ Reprodução)(Fonte: Portal Palhoca/ Reprodução)

A transmissão da hepatite B se dá pelo contato de fluidos corporais. Por exemplo, uma pessoa portadora do vírus HBV, o causador desse tipo, pode contaminar outras pessoas por meio do sangue, sêmen ou secreções vaginais.

Usuários de drogas injetáveis que compartilham seringas correm mais riscos de contrair a doença, assim como quem compartilha lâmina de barbear ou faz sexo com um parceiro infectado.

3. Hepatite C

(Fonte: Amafre SP/ Reprodução)(Fonte: Amafre SP/ Reprodução)

A hepatite C é causada pelo vírus HCV. A transmissão também se dá pelo contato sexual, utensílios para drogas injetáveis, piercings e fluidos corporais infectados, entre outras formas. A maioria das pessoas que sofre com essa inflamação do fígado não apresenta sintomas.

4. Hepatite D

(Fonte: Erika Onodera/SAÚDE é Vital/ Reprodução)(Fonte: Erika Onodera/SAÚDE é Vital/ Reprodução)

A hepatite D é considerada uma doença hepática grave causada pelo vírus HDV. A pessoa pode contrair a doença ao ter contato direto com sangue infectado. 

Essa condição apresenta características especiais. Por exemplo, ela somente ocorre em conjunto com a infecção causada pela hepatite B. Além disso, o vírus causador não consegue se multiplicar sem a presença da hepatite B no organismo do indivíduo.

5. Hepatite E

(Fonte: Erika Onodera/SAÚDE é Vital/ Reprodução)(Fonte: Erika Onodera/SAÚDE é Vital/ Reprodução)

O vírus HEV, causador da hepatite E, entra no organismo humano por meio da água. Ele é muito encontrado em regiões com saneamento ruim, pois muitas vezes a água usada para o consumo diário pelas pessoas está contaminada com matéria fecal.

6. Hepatites não virais

(Fonte: Pexels/ Reprodução)(Fonte: Pexels/ Reprodução)

A ingestão de álcool em excesso pode lesionar o fígado dando origem a chamada hepatite alcoólica. Com o tempo, essa condição ocasiona problemas graves, como cirrose e insuficiência hepática.

Além do álcool, outra causa tóxica de hepatite é a overdose de medicamentos (hepatite medicamentosa). No entanto, a exposição a determinadas categorias de venenos também pode provocar a doença.

Por fim, ainda temos a hepatite autoimune. Aqui o próprio sistema imunológico ataca o fígado causando uma inflamação contínua, podendo resultar em danos sérios ao órgão.

Sintomas de problemas no fígado

(Fonte: Metropoles/ Reprodução)(Fonte: Metropoles/ Reprodução)

Falta de apetite, urina escura, barriga inchada, dores de cabeça diárias, dor na parte direita superior da barriga, fezes cinzentas, amareladas ou esbranquiçadas, assim como enjoos e tonturas com frequência, são alguns sinais que indicam o mau funcionamento do fígado.

Na maioria dos casos, a hepatite tem cura. Contudo, deve-se ter orientação médica assim que for notado algo de errado. Afinal, começando o tratamento o mais cedo possível,  menos trabalhoso será o processo de recuperação.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.