O Grande Pânico das Ovelhas: um mistério de 133 anos

Algo estranho aconteceu na noite de 3 de novembro de 1888 no interior de Oxfordshire, na Inglaterra, por volta das 20h: milhares de ovelhas foram afetadas por uma espécie de surto, que resultou em destruição de propriedades e correria pelos campos.

Os donos dos animais tiveram que estabelecer uma verdadeira caçada para encontrá-los, visto que a maioria deles foram se esconder em diferentes regiões, até mesmo em buracos e cavernas.

(Fonte: Misterious Universe/Reprodução)(Fonte: Misterious Universe/Reprodução)

“Elas foram tomadas por um susto repentino, como se todas ao mesmo tempo tivessem visto algo que os humanos não podiam; saíram em debandada, pulando obstáculos e escapando dos campos”, escreveu um fazendeiro para uma revista local da época, de acordo com uma matéria do Amusing Planet.

Assim se deu o Grande Pânico das Ovelhas de 1888, um dos acontecimentos mais estranhos e misteriosos da história britânica.

O que aconteceu?

(Fonte: Snapzu/Reprodução)(Fonte: Snapzu/Reprodução)

Foi unânime a declaração de que todas as ovelhas pareciam apavoradas, com o coração batendo acelerado mesmo após horas do acontecimento. Os fazendeiros sugeriram que tivesse sido algo relacionado ao clima, pois relataram ter visto clarões pela noite. Mas o evento ocorreu em vários lugares onde a temperatura e o clima estavam de maneira diferente, então essa hipótese foi descartada.

Cinco anos se passaram, e Oxfordshire foi novamente palco do fenômeno que causou o mesmo terror nas ovelhas e a fizeram apresentar um comportamento semelhante ao de antes. Entre as várias especulações, o único aspecto em comum era o fato de o céu estar estranhamente escuro naquela noite.

Os anos em que o fenômeno ficou com explicação pendente só fizeram aumentar o mistério ao seu redor e, no século XX, período considerado a Era dos OVNIs, isso apenas aumentou. 

“Algo de natureza alarmante e de um grau pronunciado ocorreu em algum lugar perto de Reading, no condado de Berkshire, naquela noite”, disse o pesquisador paranormal Charles Fort (1874-1932), segundo uma matéria do Mysterious Universe.

(Fonte: Acton Books/Reprodução)(Fonte: Acton Books/Reprodução)

Enquanto houve quem olhasse para a possibilidade de algum fenômeno extraterrestre ter sido visto ou sentido apenas pelas ovelhas, os cientistas encararam a situação de maneira diferente. As ovelhas são conhecidas por serem animais muito sensíveis e fáceis de entrar em pânico, portanto a noite escura demais foi sugerida como um dos motivos.

Oliver Aplin (1958-1940), um naturalista que estudou o fenômeno de perto, chegou a essa mesma conclusão. Por outro lado, pessoas argumentaram que os casos então teriam sido recorrentes na época, visto que vários jornais e documentos indicavam que noites muito escuras eram comuns.

Até hoje não há uma resposta definitiva para o mistério do Grande Pânico das Ovelhas de 1888.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.