Seja o primeiro a compartilhar

Por que os cachorros giram antes de fazer cocô?

Quando o assunto é a ida ao banheiro, os seres humanos não são uma espécie com muitos rituais antes de conseguirem fazer cocô. Na pior das hipóteses, você levará seu celular para o banheiro e ficará assistindo a vídeos do TikTok por 30 minutos. Porém, o mesmo não vale para os nossos cães. 

Se você ainda não notou, a maioria dos cachorros tem o estranho hábito de dar algumas voltas no lugar antes de conseguir defecar, mas qual é o motivo de toda essa preparação? Nós abordaremos quais são todas as teorias envolvidas nesse processo e o que os cientistas dizem a respeito disso nos próximos parágrafos!

Desvendando o mistério

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Ao longo dos anos, diversas teorias tentaram encontrar uma motivação racional que explicasse o porquê dos cachorros precisarem ficar girando antes de realizar o "número dois". Algumas pessoas acreditavam originalmente que essa era uma maneira deles conseguirem achatar a grama para criar uma superfície mais agradável e menos pontiaguda para o ânus.

Outra teoria comum é que essa atitude dos cães envolvia uma questão de segurança — servindo como uma varredura rápida do ambiente em busca por predadores antes de entrar em uma posição vulnerável. Entretanto, ambos os pensamentos estavam errados.

Em 2013, um estudo publicado na revista Frontiers in Zoology sugeriu algo muito mais complexo acontece por trás dessa estranha ação. Segundo os pesquisadores, as voltas que um cão faz estão relacionadas com o ato de se calibrar com o campo magnético da Terra ou pelo menos tentar.

Conexão com o planeta

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

O estudo foi resultado do trabalho do zoólogo Hynek Burda e seus colegas de trabalho, que passaram 2 anos analisando cães defecando. Durante esse processo, os pesquisadores observaram 1893 cocôs serem feitos e qual era o alinhamento canino em relação ao planeta durante essa etapa.

Na visão de Burda, a forma como os cães tentam se conectar com o planeta seria parecido com o jeito que os pássaros utilizam os polos magnéticos da Terra para navegar — também chamado de magnetorrecepção — durante o processo migratório. Os cachorros, por outro lado, usariam para atingir a ida ao banheiro perfeita.

O experimento mostrou que em 20% das horas de luz do dia, que é quando o campo magnético do planeta está estável, os cães se alinham para se voltarem ao norte ou ao sul enquanto tentam evacuar. Quando existe uma instabilidade magnética ou se eles não conseguem detectar um polo, é comum que eles girem por algum tempo e acabem defecando voltados para qualquer direção.

Mas qual é o real motivo para essa bizarrice? Para Burda, a explicação é bastante simples: os cães tentam se alinhar com os polos magnéticos, pois essa é uma forma de eles conseguirem lembrar qual foi o local onde defecaram. Afinal, essa é uma informação bastante importante quando se trata de demarcar território. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.