Seja o primeiro a compartilhar

O que é a erva de gato e porque os felinos enlouquecem com ela?

Erva de gato, catária, erva-gaiteira, erva-cidreira-do-cabo-branco e nêveda, esses são apenas alguns dos nomes da Nepeta cataria. Essa planta faz com que leões, panteras, tigres e até seu gato de estimação fiquem loucos ou entorpecidos. Por isso, não é estranho que os felinos não se cansem dessa erva perfumada.

Embora seja originária da Europa, Ásia e África, hoje é possível encontrá-la em quase todo o mundo. Para os seres humanos, a erva de gato tem várias utilidades fitoterápicas como ajudar no tratamento de dores de cabeça, artrite, insônia, diarreia, febre, estresse, problemas digestivos e até gripe.

Mas é nos felinos que um de seus efeitos mais estranhos pode ser observado. Porém, qual a explicação para eles se sentirem tão atraídos por essa planta? O que os faz serem afetados por ela a ponto de enlouquecerem como se estivessem drogados? É sobre isso que falaremos a seguir. Confira!

Leia também: 5 ideias erradas que as pessoas têm sobre gatos

(Fonte: Reprodução)(Fonte: Reprodução)

Efeitos da erva de gato nos felinos

É a genética de seu amigo gato que determina se ele vai se apaixonar ou não por essa planta, que é parente próxima do orégano e do manjericão. A cada dois gatos, um herda a sensibilidade. Porém, só é possível saber se seu gatinho faz do grupo dos afetados a partir dos 3 meses de vida do animal.

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)(Fonte: Shutterstock/Reprodução)

A causa do fascínio dos felinos pela erva de gato está em seu óleo volátil, especificamente em um produto químico presente nele: a nepetalactona, encontrada nas sementes, no caule e nas folhas da planta. Basta um rápido contato com ela, seja comendo ou cheirando, para que os gatos comecem a se lamber e a se contorcer de várias maneiras em um profundo estado de  felicidade.

Por outro lado, é interessante observar que nem todos os bichanos experimentam o mesmo comportamento de felicidade, que tende a durar entre 10 e 15 minutos. Para alguns felinos, a euforia pode se traduzir em um estado de brincadeiras agressivas. Ao mesmo tempo, alguns gatos ficam extremamente calmos e suaves.

Alguns especialistas em animais acreditam que a resposta do animal à erva de gato é hereditária. Além disso, a planta afeta somente gatos que já são sexualmente maduros, isto é, com seis meses ou mais, embora existam casos em que a sensibilidade é percebida antes disso.

Leia também: Por que os gatos são viciados em alvejante?

A erva de gato é perigosa?

Apesar dos efeitos malucos que boa parte dos gatos experimentam com a Nepeta cataria, ela é inofensiva para nossos felinos de estimação. E embora muitos deles fiquem entorpecidos com a erva, a planta não vicia.

(Fonte: Shutterstock/Reprodução)(Fonte: Shutterstock/Reprodução)

Estima-se que apenas 30% dos gatos não tenham o gene que os torna vulneráveis a erva de gato. A parte boa é que não precisa se preocupar caso seu animalzinho de estimação esteja no grupo dos 70% que tem o gene, mesmo que ele se torne um usuário recreativo da planta roubando os saquinhos de Nepeta cataria que você comprou para fazer chá.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.