Conheça Millie, a gata alpinista [galeria]
61
Compartilhamentos

Conheça Millie, a gata alpinista [galeria]

Último Vídeo

Se algum dia você resolver escalar as montanhas do estado americano do Utah, não se assuste caso veja alguém escalando enquanto segue um felino preto por lá. Trata-se apenas do alpinista Craig Armstrong e sua gata, Millie. Ele a resgatou dois anos atrás de um abrigo de animais em Park City, quando ela tinha apenas oito semanas de vida.

Craig contou ao site Mother Nature Network que no momento em que a gatinha subiu em seus ombros, ainda dentro do abrigo, ele sabia que havia encontrado uma parceira para suas aventuras no deserto montanhoso. “Pessoas levam os seus cães para os desfiladeiros o tempo todo. Eu sempre soube que quando tivesse condições de ter um pet, também o levaria, mas seria um gato”.

Quando Millie cresceu o suficiente, o alpinista começou a dar algumas voltas com ela em seu carro para que ela se acostumasse a andar no veículo. Depois, foi hora de soltá-la em uma das pequenas ilhas do Great Salt Lake de Utah, onde ela poderia se habituar a estar ao ar livre, mas em um ambiente controlado.

Primeiras aventuras

No ano passado chegou a hora da primeira excursão de Millie, que conheceu o Vale de Joe, uma grande concentração de pedregulhos no estado americano. Ela então escalou rochas e saltou de uma pedra a outra, aproveitando a oportunidade de explorar aquele ambiente novo.

Desde então, os dois já exploraram juntos o Canyon Ferguson, o monte 1000' Feet of Fun – que possui mil pés de altura, o equivalente a pouco mais de 300 metros - e também o Canyon Alcatraz, que até hoje foi visitado por apenas um punhado de pessoas. E até onde se sabe, apenas um felino.

Para garantir a segurança de sua companheira, Craig a veste em um arnês com corda extra, que é fixado em seu próprio equipamento de segurança, além de amarrar uma lâmpada de LED nela sempre que precisam passar por algum lugar escuro. Ele também carrega comida, água e utensílios para alimentá-la.

"Gateando" por aí

Millie não demonstra o menor medo de altura e salta de um lado para o outro sem hesitação. Mas ela também sempre sabe a hora certa de parar e descansar antes de continuar subindo, deitando no interior de alguma pequena caverna que encontre ou no galho de uma árvore, por exemplo.

Como a escalada é algo que Craig gosta de fazer, ele sempre dá tempo e espaço para que a gata também faça as coisas que lhe agradam. Ela gosta particularmente de explorar os arredores dos acampamentos quando eles param para comer ou descansar, o que evita que ela fique estressada.

Subir picos e andar por trilhas seguindo o ritmo de caminhada de Millie, o que o escalador chama de “gatear”, fez com que ele percebesse o ambiente em torno deles de uma perspectiva diferente. Isso se tornou uma parte importante das excursões da dupla, e para Craig a recompensa é poder experimentar a natureza em um ritmo mais lento, percebendo coisas que de outra forma simplesmente não seriam notadas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.