4 motivos pelos quais ser alguns super-heróis seria um saco
709
Compartilhamentos

4 motivos pelos quais ser alguns super-heróis seria um saco

Último Vídeo

Quem nunca desejou ser um super-herói? Ter poderes especiais, poder voar, defender a cidade do mal e ainda ter uma identidade secreta. Tudo isso parece muito interessante, mas o site Cracked mostrou algumas razões que podem fazer você pensar um pouco mais sobre o assunto.

1. Mercúrio, o cara mais entediado do planeta

Mercúrio, codinome de Pietro Maximoff, já foi chamado de muitas coisas: Relâmpago, Homem-Relâmpago, Bala de Canhão, Raio Prateado, blá, blá, blá. O importante mesmo é que o cara é muito rápido! Muito! Não tem noção do que eu estou falando? Dá uma olhadinha nesse trecho do último filme dos X-Men:

Certamente, esses poderes seriam ótimos para te salvar de muitas enrascadas, como ter tempo suficiente para terminar aquela prova quando o professor avisa que só falta 1 minuto para acabar a aula.

Mas existe o outro lado: como você conseguiria fazer tudo em pouquíssimo tempo, o seu dia iria durar muito mais que o normal. Você poderia fazer todas as suas tarefas, como arrumar a casa, tomar banho, comer... E teria gastado só uns 5 minutos.

Pense no tédio! O que aconteceria então se você estivesse preso em uma fila? Como lidar com pessoas lerdas? Como suportar o trânsito ou uma viagem de avião quando você está acostumado a resolver tudo no seu tempo? Pois é, não por menos, o Mercúrio dos quadrinhos precisava da ajuda de um terapeuta para contar o drama do seu dia a dia.

Quicksilver

Porém, isso seria apenas a ponta do iceberg de problemas: como você viu no vídeo acima, o Mercúrio é tão rápido que as balas disparadas parecem lesmas no ar. Durante poucos milésimos, ele consegue analisar a situação, pensar e agir de acordo com o que deseja. Mas a realidade é que, para ele, tudo acontece em uma velocidade normal; o mundo é que estaria superlerdo. Por isso a frustração ao ficar longos minutos em uma fila do supermercado – seria algo equivalente a meses, talvez anos.

Mundo lento

Imagine então ter uma longa conversa com alguém? Uma D.R. – discussão de relação – seria praticamente interminável. Além disso, você teria que esperar muito tempo por cada resposta, tornando o convívio com outras pessoas insuportável.

2. Hulk e a vida controlada 

Se você já descartou o Mercúrio da sua lista, que tal o incrível Hulk? Ele é grande, forte e capaz de fazer um grande estrago! Como você deve se lembrar, o Bruce Banner se transformava no Hulk quando estava com raiva. Porém, nos filmes mais atuais, a Marvel mudou um pouco a história, fazendo com que isso aconteça quando o personagem tem a sua frequência cardíaca aumentada.

Saiu o monstro!

Sendo assim, se você fosse o Hulk, a primeira medida sensata seria usar um monitor de frequência cardíaca e sair das redes sociais – nunca ler os comentários dos portais de notícia, por exemplo.

Para piorar, você teria que abdicar totalmente da sua vida sexual. E, quando eu digo isso, não vale nem assistir a um filminho sozinho; afinal, você logo estaria quebrando a cama e as paredes a sua volta.

Dar uma de Kleber Bambam e ser o rei da academia? Esqueça! Exercício físico faria o monstro sair da jaula – literalmente! A lista de coisas proibidas seria imensa: até para subir as escadas do seu prédio ou trocar um móvel de lugar seria preciso ter calma, paciência e tempo.

BIRL!

Fãs de cafeína também estariam em maus lençóis. Não daria para assistir a filmes de terror nem rir demais, muito menos ficar muito empolgado. Cara, não dá para viver!

 3. Homem de Ferro viraria gelatina 

Tornar-se gênio, bilionário, playboy e filantropo é tudo que você sempre quis? E se junto com todas essas características viesse uma máquina voadora mais potente que um avião militar? Eu aposto que você ficou interessado!

Mesmo que você seja dono desta tecnologia incrível – e que cabe na palma da mão –, você ainda teria o seu corpo: mole como ele só. 

Pense nos impactos

Pense em um acidente de carro ou, para não ficar tão desagradável, naqueles bonecos que sofrem todo tipo de impacto nos testes. Pois é, os veículos são para que você não voe pelo vidro na primeira freada brusca. Afinal, é uma questão de física, ou, melhor dizendo, do princípio da conservação de energia.

Não parece tão legal agora

Se você já viu Tony Stark em ação, deve se lembrar das subidas e descidas em alta velocidade. Imagine então o impacto quando ele bate contra superfícies duras ou é arremessado? Não importa a tecnologia ou o material envolvido na construção dessa supermáquina: a energia cinética será transferida diretamente para os seus órgãos e ossos! 

4. Mulher-Maravilha e o problema com as aves

É impossível pensar na Mulher-Maravilha e não se lembrar de seu traje vermelho e azul, no laço da verdade e, nele, o jato invisível. Confesso que, mesmo sendo fã da personagem, eu nunca gostei muito dessa história de “meio de transporte transparente”, mas agora tenho um motivo a mais para achar que isso não é uma boa ideia.

Isso é muito estranho

Você já deve ter visto algumas notícias sobre colisões entre aviões e aves: elas existem e são muito perigosas. Não raro, os aviões precisam fazer pousos de emergência após trombarem com os pássaros no céu.

Para entender mais sobre o problema, pense que a velocidade média de um voo comercial ao atingir o nível de cruzeiro é de 890 km/h. Assim, mesmo batendo em algo tão pequeno, a velocidade é suficiente para que pareça que o avião foi atingido por uma arma antiaérea!

Olha o estrago!

Não precisa nem pensar muito para perceber que a nave invisível ficaria abarrotada de aves desavisadas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.