5 histórias impressionantes de vingança
878
Compartilhamentos

5 histórias impressionantes de vingança

Último Vídeo

Em algum momento da sua vida você já deve ter quisto se vingar de alguém e, independente do que tenha feito a respeito dessa vontade, o importante é que você sabe bem como é esse sentimento. Algumas vezes, o desejo de vingança motiva pessoas a vivenciarem histórias absurdas, que mais parecem roteiro de ficção. Duvida? Então conheça, a seguir, alguns casos de vingança bem peculiares:

1 – A vingança de Katie

Fonte da imagem: Reprodução/TheRichest

A pedofilia é um dos crimes mais abomináveis de todos, não há dúvidas. Um desses criminosos, Anthony Stockelman, dos EUA, foi preso logo após violentar e matar uma menina de apenas 10 anos, Katie Collman. Por coincidência, um primo de Katie estava na mesma cadeia e, enquanto Anthony dormia, ele fez uma tatuagem na testa do criminoso, escrito “Vingança de Katie”.

2 – O caso da guitarra

Fonte da imagem: Reprodução/TheRichest

Durante uma viagem para o Nebraska, Dave Carroll, guitarrista da banda Sons of Maxwell, teve sua guitarra quebrada pelo bagageiro de mão de uma aeronave das linhas aéreas United Airlines, uma das maiores do mundo. Carroll registrou queixa, mas seu caso não foi resolvido. Ele então escreveu três músicas sobre como os aviões da United Airlines destroem guitarras. Após uma semana de divulgação das músicas, as ações da companhia tinham perdido 10% do valor.

3 – O criador do Spam

Fonte da imagem: Reprodução/TheRichest

Se você não solicitou uma informação, você está no direito de simplesmente não recebê-la. Se recebeu, ela é um spam, cuja sigla em inglês significa “enviar e postar publicidade em massa”. É dessa maneira que muitas empresas agem, descobrindo e-mails pessoais e bombardeando nossas caixas de entrada com informações inúteis, que não foram solicitadas. Os envios de spam já viraram uma praga e é praticamente impossível manter-se longe deles. E aí, talvez, pensando sobre o assunto, você se pergunte “mas quem foi a pessoa que começou com tudo isso?”.

O pai do spam, como também é conhecido, chama-se Alan Ralsky. Seu endereço físico, da casa onde ele morava, foi descoberto, e Ralsky provou o próprio veneno, já que muitas pessoas começaram a enviar centenas de cartas para ele, sem conteúdo algum ou com propagandas aleatórias, por muito tempo. Além dessa pequena vingança, ele foi condenado à prisão, onde ficou por 51 meses.

4 – George Lucas e seus vizinhos

Fonte da imagem: Reprodução/giantbomb

Se você é fã de “Star Wars”, é fã de George Lucas. Se você não gosta de “Star Wars”, mesmo assim sabe quem é George Lucas. O grandioso produtor, roteirista e cineasta tinha um novo projeto, que consistia em usar sua própria casa como cenário para mais uma de suas produções – o que garantiria o emprego de 600 profissionais, aliás.

O problema é que Lucas morava em uma mansão que tinha outras mansões na vizinhança, com moradores que não foram favoráveis ao projeto do cineasta, alegando que seriam perturbados com movimentação. Lucas tentou negociar por muito tempo, mas sem sucesso.

Os moradores chegaram a alegar que as instalações do projeto iriam prejudicar a visão que eles tinham das estrelas, à noite. Lucas explicou que as filmagens seriam discretas e usariam o interior da casa do cineasta, mas as argumentações não ajudaram. Em 2012, ele desistiu do projeto oficialmente e vendeu sua casa.

O que os vizinhos não esperavam, no entanto, é que a antiga residência de Lucas fosse se tornar a sede de uma ONG destinada a ajudar pessoas carentes, garantindo muita movimentação ao local.

5 – O marido de Lorena

Fonte da imagem: Reprodução/annecarolinedrake

Essa é uma das histórias de vingança mais conhecidas de todas. Lorena Bobbitt era violentada e humilhada constantemente pelo próprio marido. Em uma noite de 1993, o marido de Lorena, John Wayne Bobbitt, chegou a casa embriagado e, mais uma vez, agrediu e violentou a esposa. Assim que ele dormiu, Lorena foi à cozinha, pegou uma faca, voltou para o quarto e cortou o pênis do marido.

Eram 3 horas da madrugada quando ela saiu de casa, com o pênis de John em mãos, entrou em seu carro, dirigiu e arremessou o membro pela janela. Quando prestou satisfação à justiça, Lorena afirmou que não se lembrava de ter cometido o crime. Seu marido respondeu por abuso doméstico e teve o pênis reimplantado. O casal se divorciou em 1995.

*Publicado originalmente em 18/09/2013.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.