Salário mais baixo, porém mais qualidade de vida

03/11/2011 às 10:571 min de leitura


Quem já passou por um dilema entre um emprego que consome horas além da carga estipulada na carteira e stress constante, porém com um salário bom, por uma vaga de horas reduzidas e trabalho mais leve, mas que paga um pouco menos? A maioria das mulheres resolve essa questão, escolhendo a segunda opção.

Segundo um estudo do National Bureau of Economic Research, liderado por John List, professor de economia da Universidade de Chicago, o fato das mulheres ganharem menos do que os homens dentro das corporações não é uma questão de preconceito sexista como debatido incansavelmente no passado. E sim por preferirem ocupar cargos mais leves que são, consequentemente, menos remunerados.

Geralmente por dividirem a sua vida entre trabalho, casa e filhos, as mulheres optam por cargos que não tomem tanto tempo de seu dia, nem tanta preocupação e stress, mesmo que isso signifique ver menos cifras no salário. Elas têm priorizado uma melhor qualidade de vida ao invés de dinheiro.

O resultado da pesquisa foi alcançado através de um processo em que duas vagas falsas de emprego foram anunciadas para dezesseis cidades dos Estados Unidos. Uma das vagas oferecia um salário menor baseado nas horas de trabalho. A outra oferecia, além de um salário maior por horas, um bônus por cumprimento de metas.

As mulheres preferiram a primeira vaga. Na outra em que o salário era mais alto e a carga horária também, a maioria das respostas de candidatura foi de homens.

A conclusão foi de que as mulheres estão dispostas a comprometer o salário em troca de mais tempo para cuidar da família, por exemplo. Enquanto os homens dão mais valor ao salário que ganham e à posição que ocupam.

Fonte
Imagem

Últimas novidades em Saúde/bem-estar

NOSSOS SITES

  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • Logo Mega Curioso
  • Logo Baixaki
  • Logo Click Jogos
  • Logo TecMundo

Pesquisas anteriores: