Aprenda as escolher as melhores flores para o seu casamento

04/04/2013 às 14:174 min de leitura

Crédito: Shutterstock

Está com a data do casamento marcada e ainda não começou a escolher a decoração do grande dia? Pois saiba que as flores não podem faltar em um casamento. Coloridas e perfumadas, as plantas dão um toque de charme, modernidade e romantismo aos ambientes, ajudando a criar espaços perfeitos para uma cerimônia religiosa ou recepção.

Independente das cores – que devem ser combinadas com o restante da decoração do casamento – existem opções que têm maior durabilidade, trazem uma simbologia especial e também representam uma relação de custo-benefício mais vantajosa.

Desde pequenos buquês presos às cadeiras até grandes palmeiras espalhadas pelo salão, as flores permitem uma série de combinações e efeitos que possibilitam aos casais escolher o estilo que mais combina com a festa.

Leia também:

Os clássicos entre as noivas

Crédito: Divulgação – Atelier16

Na hora de escolher as melhores opções para o casamento, a variedade de plantas disponíveis pode impressionar as noivas. No entanto, existem flores que nunca saem de moda e já são um clássico dos matrimônios mais tradicionais.

De acordo com Tatiane A. Amaro, arquiteta responsável pelo Atelier16, em Curitiba, as alternativas que as noivas mais procuram são aquelas que estão disponíveis durante o ano todo. Por esse motivo, rosas, lisianthus, astromélias e orquídeas phalaenopsis estão entre as opções mais pedidas.

Para festas celebradas em ambientes abertos e durante o dia, a dica da especialista é que sejam escolhidas flores mais resistentes, que não sejam frágeis e não corram o risco de murchar quando expostas ao sol e ao calor. Outro cuidado importante é optar por flores que não tenham cheiro forte para evitar que os arranjos atraiam insetos. Como esse tipo de cerimônia tem um estilo mais campestre, a arquiteta recomenda flores do campo, mosquitinhos e hortênsias, além de flores naturais plantadas em vasos.

Mas se o seu casamento será celebrado com uma recepção à noite, em um salão fechado, é possível investir em opções mais exuberantes. A florista Letícia Batistel, da Dalê Artes, também em Curitiba, recomenda que arranjos altos montados com muitas flores sejam mesclados com arranjos menores. A combinação das plantas com velas também dão charme e criam um clima mais intimista no ambiente.

Decoração da igreja

Crédito: Vivien Uhlmann para Atelier16

Para as noivinhas que fazem questão de fazer seus votos no altar, não se pode esquecer a decoração da igreja. No momento em que for reservar a sua data, certifique-se de que não existem outras noivas que se casarão no mesmo dia e em um horário próximo. Caso exista, será preciso compartilhar a decoração da igreja.

Depois de verificar esse detalhe, Tatiane A. Amaro acredita que apostar no tradicional seja a melhor alternativa, por esse motivo uma decoração com flores brancas deve agradar a todos. Letícia Batistel também apoia a ideia e afirma que é preciso usar poucas cores na cerimônia religiosa: “A igreja já é bonita e não é preciso combinar a decoração com as flores da recepção”.

Para não haver exageros, a florista recomenda que os arranjos sejam colocados apenas no altar, no começo, no meio e no fim do corredor. Já a arquiteta lembra que o tamanho da igreja influenciará no tamanho dos arranjos. A largura do corredor e o desenho do vestido da noiva também devem ser levados em consideração para que os enfeites não atrapalhem a passagem. “Também deve existir uma preocupação para que os arranjos não atrapalhem a visão e os convidados possam enxergar o corredor e ver os noivos e os padrinhos no altar”, explica Tatiane.

As flores da recepção

Crédito: Divulgação – Dalê Artes

Na hora de escolher os elementos que devem compor o espaço da recepção, Tatiane A. Amaro ressalta que é preciso levar em consideração o estilo do lugar. Espaços intimistas, com mesas para até 6 pessoas pedem arranjos menores, enquanto salões grandes com mesas que acomodem de 8 a 10 pessoas precisam de arranjos mais vistosos. O tipo de salão e o estilo dos acessórios (vasos, cachepôs, castiçais etc) escolhidos pela noiva também vão influenciar na escolha das flores.

As duas profissionais ainda lembram que é preciso optar por enfeites altos ou baixos. Qualquer elemento que for colocado na altura dos olhos dos convidados pode atrapalhar a comunicação. Flores com perfume forte – como lírio rosa ou branco – também devem ser evitadas para não incomodar os convidados.

Segundo Tatiane A. Amaro, os lugares em que não pode faltar arranjos de flores são a mesa de doces, a mesa dos noivos e as mesas dos convidados. Se possível, o buffet também pode ser decorado com arranjos altos para que não entrem em contato com a comida. Já a dica de Letícia Batistel é utilizar folhagens plantadas e decoradas com cachepôs para preencher espaço em salões muito grandes. A florista recomenda fícus e camélias para construir um ambiente mais bonito.

As tendências para os casamentos

Crédito: Divulgação – Dalê Artes

As profissionais destacam que um dos elementos que tem sido bastante explorado para compor arranjos são as plantas e folhagens. Folhas verdes e plantas em vasos são excelentes opções que podem ser usadas para valorizar a beleza das flores e decorar os ambientes. Letícia Batistel sugere a decoração com folhas no corredor da igreja, para dar um acabamento especial entre os bancos e o tapete. Já Tatiane A. Amaro recomenda uma parede de plantas – como samambaias, por exemplo – localizada a caminho da cerimônia.

A arquiteta do Atelier16 também chama a atenção para o fato de que os casais hoje se preocupam mais em decorar o ambiente como um todo e não apenas as mesas. Para isso, além das flores, é comum usar fotos, lanternas, vasos e outros objetos decorativos que ajudem a embelezar o espaço e tragam um pouco da personalidade dos noivos.

Como economizar com as flores

Um fator importante e que deve ser levado em consideração na hora de escolher a decoração de um casamento é o orçamento. É preciso estabelecer um valor que esteja dentro da expectativa dos noivos e procurar segui-lo.

Para aqueles que querem economizar, a dica da florista Letícia Batistel é investir em arranjos menores que sejam compostos de flores vistosas. Além disso, a profissional recomenda que as noivas utilizem velas na decoração, o que acaba dando um toque de charme ao espaço e representa um custo bem menor no orçamento.

Crédito: Divulgação – Dalê Artes

Já a recomendação da arquiteta Tatiane A. Amaro é que os casais escolham um local que não exija o uso de muitas flores. “Escolher um espaço que tenha uma arquitetura diferente ou elementos decorativos por ele mesmo facilita isso”, afirma a especialista. Além do uso de velas e lanternas, Tatiane também recomenda que a noiva escolha peças que requeiram menos flores e opte pot arranjos que destaquem um determinado tipo de flor, sem que seja necessário fazem uma composição com muitos elementos, o que pode acabar pesando no bolso.

Procurar diversas empresas, fazer orçamentos e esclarecer todas as dúvidas com relação à decoração também pode ajudar a economizar bastante, além de garantir a satisfação com o resultado. Tatiane A. Amaro recomenda às noivas que levem em consideração o estilo de cada empresa e acompanhem o trabalho do profissional pessoalmente – visitando alguns eventos – ou através de fotos.

Crédito: Almir Soares Jr para Atelier16

A qualidade das flores também deve ser levada em consideração, pois existe muita variedade. Além da qualidade das flores, a quantidade de plantas utilizadas em cada arranjo influencia diretamente no preço e no resultado final do serviço contratado.

Por fim, a profissional relembra que é preciso ter em mente que as flores são elementos naturais, o que dificulta na hora de conseguir as cores exatas. A noiva precisa estar preparada, pois sempre pode haver a necessidade de trocas.

Fonte
Imagem

Últimas novidades em Saúde/bem-estar

NOSSOS SITES

  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • TecMundo
  • Logo Mega Curioso
  • Logo Baixaki
  • Logo Click Jogos
  • Logo TecMundo

Pesquisas anteriores: