Conheça a curiosa história da moça que pensa que é um gato
1.657
Compartilhamentos

Conheça a curiosa história da moça que pensa que é um gato

Equipe MegaCurioso
Último Vídeo

Nós, aqui do Mega Curioso, já falamos a respeito de vários casos curiosos, como o da mulher que pensa que todo dia é 15 de outubro de 2014 e da que tinha 32 anos e acordou um dia achando que tinha 15. Pois hoje vamos contar para você a respeito da jovem norueguesa que está convencida de que é um gato. Miau!

De acordo com Helena Horton, do portal The Telegraph, se trata de uma moça de 20 anos de idade conhecida como Nano, que há cerca de quatro anos percebeu que era um gato. Desde então, a jovem diz que passou a adotar um comportamento felino e começou a usar uma cauda e um par de orelhas falsas.

Gata

Nano revelou sua história através de um vídeo no YouTube — que já conta com mais de 300 mil visualizações e que você pode conferir abaixo. Nele, a moça conta que sempre foi um gato, mas, desde que decidiu assumir sua condição, prefere andar sobre quatro apoios e passou a curtir tirar sonecas no peitoril de janelas e em pias (apesar de seu tamanho).

A norueguesa ainda diz no vídeo que os médicos e psicólogos descobriram que havia “algo” estranho com ela, um defeito genético, e que ela acredita que é da espécie errada. Nano também contou que seus sentidos da visão e audição se tornaram muito mais aguçados depois que ela assumiu seu lado felino — e inclusive admitiu que consegue enxergar melhor no escuro.

E isso não é tudo! Nano revelou que é capaz de se comunicar através de miados e, assim como quase todos os gatos, detesta cães. Além disso, ela não é muito fã de água não e possui um par de luvas de pelúcia — que ela usa para acariciar o rosto e os cabelos como se fosse um gato “tomando banho”. Ah! A norueguesa também asumiu que persegue animais e gosta de caçar ratos. Por sorte (ou azar, dependendo do ponto de vista), ela nunca capturou nenhum.

Olha o gato Svein

E tem mais: Nano tem um melhor amigo gato — bem, ele não é nem bichano nem... especialmente belo — chamado Svein, que, segundo a norueguesa, parece ter múltiplas personalidades. Uma delas é de felino, e Nano e Svein costumam conversar por meio de miados. Ainda de acordo com a moça, seu terapeuta disse que ela pode superar esse impasse e voltar a viver como uma pessoa comum, mas Nano duvida que algum dia vá deixar de ser um gato.

***

Curiosamente — ou não! —, Nano não é a única mulher por aí que acredita ser um gato preso no corpo de um ser humano. O vídeo acima mostra uma jovem sueca conhecida como Pao que também pensa que é um felino. Ela passa boa parte do dia vestindo acessórios como orelhas e outros apetrechos, além de beber água de um bebedouro para animais e ter uma companheira com quem brincar e se “acasala”.

Você conhece casos de pessoas que estão convencidas de que não são humanas? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.