Onde que pimenta é refresco? Veja 9 benefícios de uma alimentação picante
408
Compartilhamentos

Onde que pimenta é refresco? Veja 9 benefícios de uma alimentação picante

Último Vídeo

O gosto por pimenta ou alimentos apimentados não é uma unanimidade entre as pessoas e tem opiniões bem dividas. Aqui no Mega Curioso nós já apresentamos um vídeo que explica como a pimenta atua no organismo das pessoas e esclarece alguns pontos sobre a sensação de ardência. Outra matéria do Mega que aborda a pimenta de maneira interessante é a que diz o que o gosto por esse item pode revelar sobre a sua personalidade. De qualquer forma, gostando ou não de pimenta, o consumo de alimentos picantes pode trazer inúmeros benefícios para as pessoas.

Por aqui, nós já sugerimos um papel importante que a pimenta pode exercer sobre o seu cérebro em uma lista com mais cinco tipos de alimento. Agora, o site First We Feast reuniu mais nove benefícios proporcionados às pessoas que consomem comidas apimentadas. Confira:

1- Perda de peso

Atenção pessoas com aqueles quilinhos a mais: a pimenta pode ajudar na redução do tamanho das células de gordura e na diminuição da produção delas também.

A redução no tamanho acontece pela ação do componente capsaicina, o responsável pelo gosto ardente causado pelas pimentas, que aumenta a produção de proteínas nas células. Isso foi sugerido por um estudo de cientistas da Universidade de Daegu, na Korea, no qual foram comparados ratos que possuíam uma dieta rica em gordura aliada à capsaicina, com ratos sem uma dieta rica em gordura picante. Já a redução na produção de células de gordura foi descoberto por um estudo publicado no Jornal de Pesquisas Proteome, em 2010, e também ocorre pela presença de Capsaicina.

2- Diminuição no risco de câncer

A capsaicina também tem propriedades que inibem a proliferação de células e agem no corpo prevenindo, principalmente, contra o câncer de pulmão e tumores colorretais. Essa foi a conclusão de um estudo da Faculdade de Medicina Edwards, em Virgínia Ocidental, nos Estados Unidos.

3- Menor risco de infarto ou AVC

Esse benefício não possui estudos científicos aprofundados, mas a forte presença de vitaminas dos tipos A e C é indicada como responsável por um risco menor de sofrer AVC e ataques cardíacos. Isso porque elas ajudam a fortalecer os músculos do coração e, consequentemente, ocasionam um sistema cardiovascular mais forte.

4- Maior expectativa de vida

Uma dieta rica em alimentos picantes contribui para uma vida mais longa, de acordo com um estudo realizado pelo The British Medical Journal. Após monitorarem um grupo de 500 mil chineses e como era a sua alimentação com comidas picantes, os pesquisadores concluiram que os que consumiam mais alimentos apimentados, possuíam um risco 14 % menor de sofrer uma morte prematura.

5- Menos lesões

Mais vitamina A do que cenouras e mais vitamina C do que um copo de suco de laranja, além de uma boa quantia de vitamina D. Esse é o quadro da pimenta e a presença desse item na alimentação de atletas pode ajuda-los a diminuir o risco de lesões durante a prática de atividades físicas.

6- Combate a artrite

Não são só as pimentas que deixam a sua refeição mais picantes. O gengibre, por exemplo, é frequentemente utilizado para tal finalidade e têm uma ação semelhante à capsaicina e suas principais atribuições são as ações anti-inflamatórias e antiespasmódicas. Essas características fazem com que uma alimentação rica em gengibre ajude alívio da dor causada pela artrite. Obs.: Outra boa atribuição do gengibre é a diminuição nas náuseas.

7- Combate infecções

Pesquisadores descobriram que a capsaicina previne infecções causadas por fungos, infecções de ouvido e outros problemas causados por cinco tipos de bactérias. Esse estudo investigou o uso de capsaicina na antiga medicina Maia e foi publicado pelo Jornal de Etnofarmacologia. Segundo informação veiculada pelo site Livestrong, o alho é outro alimento que pode atuar como as pimentas e ajudar o sistema imunológico e evitar infecções.

8- Descongestionante

Nesta época de frio e a grandes variações climáticas, é comum a ocorrência de resfriados. Para ajudar com a coriza, as pimentas do tipo caiena podem ser o remédio, já que, segundo uma reportagem do jornal The Telegraph, esse alimento ajuda a desobstruir as vias aéreas e diminui a sensação horrível causada pelo nariz entupido. Nós já falamos sobre isso com mais detalhes aqui no Mega Curioso anteriormente (confira clicando aqui).

9- Cura e previne úlcera

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, a pimenta não causa inflamações e irritações nos estômago e intestinos. De acordo com o estudo Análise Crítica Sobre a Ciência dos Alimentos e da Nutrição, essa situação é diferente, pois a capsaicina combate os agentes de acidez e estimula os alcalinos, a secreção da mucosa e também o sangue da mucosa gástrica. Este último ajuda a prevenir e a curar a úlcera.

...........

E aí, o que achou dos benefícios de uma alimentação picante? Caso você se empolgue com os itens da lista e acabe exagerando na pimenta sem querer, calma! Clique aqui e saiba uma maneira bem fácil de acabar com a sensação de estar “ardendo em chamas” no interior de seu corpo!

E aí leitor, você aprecia sabores picantes nas comidas? Comente no Fórum do Mega Curioso

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.