Dossiê: Catástrofes naturais que estão devastando o planeta [vídeo]
128
Compartilhamentos

Dossiê: Catástrofes naturais que estão devastando o planeta [vídeo]

Último Vídeo

Fazem alguns anos que a Terra está alarmando os seus habitantes sobre o atual estado de “saúde” em que ela se encontra. Para você ter ideia, além do poderoso terremoto que ocorreu no Japão (11/03/2011), matando mais de 15 mil pessoas e deixando cerca de cinco mil desaparecidos, outras catástrofes recentes, como o sismo de magnitude 7,8 na escala Richter que apavorou e resultou na morte de milhares de moradores no Nepal, Índia, Bangladesh, Paquistão e China, têm assustado muitos pesquisadores de plantão mundo afora.

As suspeitas são de que o planeta esteja sofrendo muitas transformações drásticas recentes em diversos quesitos, tanto devido aos problemas causados pelo aquecimento global (por culpa de humanos ou não) como pelo ciclo de vida natural da do planeta — que poucos conseguem entender e explicar de forma complexa e definitiva.

Assim sendo, consequências como erupções de vulcões que estavam “dormindo” há décadas, terremotos de altas magnitudes (acima de 7,5 na escala Richter), derretimento de geleiras na Antártida, alteração na gravidade atmosférica terrestre, elevação da temperatura do planeta, buracos e rachaduras bizarras em diversos cantos do globo, extinção de espécies de animais lendários, desmatamento causado por seres não tão humanos assim, a poluição nos oceanos, entre outras, são cada vez mais presentes nos dias atuais. Isso é muito ruim para nós, reles mortais, que teremos que pagar o preço disso tudo.

A mídia tenta esconder

Infelizmente, nem sempre você vai se deparar com as notícias de todos esses acontecimentos que estão ocorrendo em vários locais do globo em sua timeline no Facebook, no rádio ou na TV, pois a mídia em geral — principalmente no Brasil — não gosta de assustar a galera com informações tenebrosas desse tipo. Assim sendo, eles preferem reter a atenção da maioria das pessoas com acontecimentos que não se deve dar tanta importância, como acidentes aéreos, mensalão, corrupção na FIFA etc.

Contudo, a equipe do Mega Curioso fez questão em reunir e trazer para você, leitor, diversos fatos assustadores que estão acontecendo no Planeta Azul recentemente. Desconsidere possíveis asteroides, cometas, meteoros, intervenções Illuminati e outras teorias da conspiração que estão circulando na web: o que a gente fez foi coletar vídeos, fotos incríveis e informações reais acerca do atual estado de “saúde” da Terra — tudo é verídico —, mas sem focar muito nos motivos das desgraças. Vale a pena conferir:

Chuvas, inundações e tsunamis

Como o planeta é em sua maioria repleto de água por todos os lados, é óbvio que muitas pessoas acabam sofrendo sérias consequências devido as chuvas fortes, inundações e até mesmo tsunamis mortais, como aconteceu na costa nordeste do Japão em 2011, em que as ondas atingiram a altura de 23 metros, provocando ondas gigantes até na Noruega.

Chuva forte em Aracaju (SE), na segunda-feira (25)

Atualmente, até mesmo a região norte do Brasil está enfrentando muitos problemas com chuvas fortíssimas e incessantes, que já desalojaram mais de 60 pessoas e deixou milhares em estado de alerta, sem contar os problemas em plantações e colheitas futuras.

Praticamente do outro lado do globo, o Nepal ainda sofre bastante: a chegada de chuvas torrenciais e ventos fortes tem atrapalhado muito, cortando as comunicações, bloqueando certos lugares e complicando a logística envolvida em operações de assistência humanitária que estão acontecendo no país.

Chuvas torrenciais e ventos fortes no Nepal

Arauca, Colômbia

Além disso, no dia 24 de maio, a cidade de Oklahoma — capital e também o lugar mais populoso do estado norte-americano que leva o mesmo nome — amanheceu com uma inundação histórica, deixando muitos mortos e desaparecidos (veja no vídeo abaixo).

A Colômbia também tem sido vítima de enchentes que já desabrigaram mais de 3500 moradores — qualquer ajuda é bem-vinda para eles. Para concluir o quesito “chuvas, inundações e tsunamis”, é bom você saber que em Honduras está chovendo até peixe — sim, é verdade! De acordo com alguns especialistas, isso é causado pela atração de trombas d'água para o local. Assista:

Tornados

Quem lembra do filme Twister? Pois é, fenômenos semelhantes têm acontecido com certa frequência nos últimos meses — até a galera de Santa Catarina enfrentou um tornado não muito amigável semanas atrás. No dia 25 de maio, pelo menos 13 pessoas morreram no México e mais de 1500 casas ficaram completamente destruídas com a passagem de um tornado que assolou a cidade de Acuña, vizinha ao Texas.

Acuña, México

No continente europeu, precisamente na Rússia, tormentas espetaculares tomaram conta de Chelyabinsk nos últimos dias, atrapalhando o cotidiano de muita gente. Com a Itália não foi diferente: em Emilia-Romagna (situada no norte do país), pelo menos 260 mm de chuva intensa, tornados e tempestades estão pairando sobre a região nos últimos três dias:

Chelyabinsk, Rússia

Chelyabinsk, Rússia

Emilia-Romagna, Itália

Emilia-Romagna, Itália

Crateras e rachaduras

O surgimento de buracos gigantescos e bizarros está se tornando moda na Terra, em que algumas regiões do globo simplesmente “acordam” com enormes crateras (causadas por metano) que surgiram sem nenhuma explicação plausível.

Três eventos do tipo foram identificados na Rússia no ano passado, mas o último buraco misterioso (em Berezniki) tem crescido quatro vezes de tamanho em apenas três meses, sendo visto pela primeira vez em 17 de fevereiro. Ao todo, cinco crateras do tipo foram reveladas no país na última década.

Berezniki, Rússia

Berezniki, Rússia

Contudo, os russos não estão sozinhos nessa empreitada. Nos dois vídeos abaixo, é possível conferir dois novos buracos que foram encontrados na Turquia:

Na América do Sul, especificamente no Peru, autoridades declararam estado de emergência em 19 locais do distrito de Piscobamba, na província de Mariscal Luzuriaga. A decisão foi tomada devido a um grande número de rachaduras que apareceram no solo desde 04/05/2015, fazendo com que mais de mil habitantes sentissem como se estivessem em um verdadeiro filme de terror.

Socosbamba, Perú

Socosbamba, Perú

Por fim, na madrugada do dia 22 de maio de 2015, juntamente com outros três buracos menores, uma enorme cratera foi aberta perto de Branson, no estado de Missouri, nos Estados Unidos. Confira o vídeo:

Aumento de temperatura

Como alerta aos interessados de plantão, a NASA revelou em seu ilustre relatório Met Office que o planeta Terra aqueceu quase um grau Celsius desde 1900, apresentando evidências plausíveis de que o constante derretimento das geleiras está modificando a gravidade da Terra de forma significativa.

A regra é essa: com o derretimento das geleiras, o nível dos oceanos sobe, gerando alteração da gravidade. Com a palavra, a ESA (Agência Espacial Europeia): “A perda de gelo da Antártica Ocidental entre 2009 e 2012 causou um mergulho no campo gravitacional sobre a região da Antártida”. Observe como está a atual situação da região:

Na Índia, o número de mortos por causa do intenso calor que tomou conta do país já ultrapassa de 1000. Para você ter ideia, a temperatura chegou a 50ºC em algumas regiões. De acordo com os óbitos, a maioria morreu por insolação ou desidratação extrema, e os parentes dos falecidos ganharam uma indenização governamental no valor de U$S 1500.

Nova Déli, Índia

Nova Déli, Índia

Em relação aos animais, o aumento da temperatura em oceanos e regiões singulares tem causado problemas sérios, como o aparecimento de baleias mortas sem nenhum motivo nas areias da praia de Sonoma County, em Portugal. Além disso, milhares de lagostas foram encontradas sem vida na costa da Califórnia.

Sonoma County, Portugal

Essa matança inusitada e sem explicação não para por aí: milhões de estrelas marinhas na costa oeste da América do Norte, do México até o Canadá, passando pelos EUA, foram encontradas em estado de derretimento — sim, é isso mesmo! Os cientistas desconfiam que o problema esteja sendo causado pelo aquecimento dos oceanos, radiação emitida pela usina nuclear de Fukushima ou através de infecções bacterianas.

Costa oeste da América do Norte

Além disso, até as abelhas estão sumindo. Para você ter ideia, entre abril de 2014 e maio de 2015 os apicultores americanos notaram a redução de 40% de suas colmeias — São Paulo também enfrenta problemas similares. Ou seja, o planeta não está nada bem.

Desmatamento

A Amazônia, considerada como “o coração da Terra”, já está com os seus batimentos cardíacos alterados por culpa do intenso desmatamento que ocorre na região. Com isso, não é só o Brasil que sofre, mas sim o planeta inteiro!

O pensamento é simples: sem árvores, não há oxigênio, entre outras coisas essências para a vida. Além disso, o risco de incêndios em alguns locais aumenta drasticamente, também. O vídeo abaixo mostra a triste situação dessa região riquíssima em biodiversidade desde os anos 70:

Vulcões e terremotos

Vulcão e terremoto praticamente “andam” juntos — regra da causalidade. Grandes vilões da humanidade, catástrofes desse tipo podem tirar a vida de milhões de pessoas em um curto prazo de tempo, devastando casas, prédios, monumentos históricos e tudo o que vier pela frente — não existe vitória.

Caso você ainda não saiba, o Planeta Azul recebe mais de 100 terremotos de baixa magnitude diariamente, mas eles não são fortes, atingindo menos de 4,5 na escala Richter. Contudo, ao atingir mais de 7,5 na mesma escala, os problemas de tornam mais sérios — completamente assustadores seria o termo ideal.

No mês passado, o Nepal não se deparou com apenas um terremoto aniquilador, mas sim no mínimo três (um maior e dois menores), que acabaram deixando mais de sete mil mortos e 14 mil feridos. Veja como foi a ferocidade deste terremoto:

Vale lembrar a você, leitor, que, em 2013, um terremoto no Paquistão fez surgir uma ilha misteriosa perto da costa da região. Recentemente, o vulcão chileno Cabulco “acordou” depois de quase 100 anos, causando muitos problemas em boa parte da América do Sul (Chile, Argentina e sul do Brasil). O vídeo acerca de sua erupção é assombroso:

Recentemente, no dia 25 de maio, uma nova erupção bastante poderosa entrou em atividade nas Ilhas Galápagos, fazendo com que os especialistas voltassem suas atenções para alguns abalos sísmicos singulares que estão ocorrendo na costa oeste da região nas últimas semanas.

Para quem curte o assunto, é extremamente recomendado acessar o site do EMSC (Centro Sismológico Mediterrâneo Europeu), que traz informações em tempo real sobre os últimos terremotos ocorridos na Terra (fracos e fortes). Além disso, é possível efetuar pesquisas bem práticas sobre eventos passados, bastando você informar o período de tempo e nível de magnitude.

Nostradamus entra em cena

Antes de concluir essa matéria, a equipe do Mega Curioso recorreu ao ilustre alquimista francês, Michel de Nostredame (1503-1566), também conhecido como Nostradamus. Ele escreveu um livro chamado "As Profecias" (publicado em 1555), composta de frases que batem perfeitamente com vários acontecimentos nos dias de hoje.

Para você ter ideia, o cara fez uma profecia bastante inusitada para o mês de maio de 2015, prevendo que um enorme terremoto poderia varrer o oeste dos Estados Unidos e até mesmo deixar o Japão em baixo d'água — será? Ao traduzir o texto (originalmente em francês), a seguinte mensagem aparece: “Um tremor muito poderoso no mês de maio, Saturno em Capricórnio; Júpiter e Mercúrio em Touro; Vênus também, Câncer, Marte em Virgem; o granizo cairá maior que um ovo”.

De acordo com as informações extraídas no site de Frank Hoogerbeets — fundador e presidente da Media Ditrianum —, haverá um terremoto monstro em Los Angeles e San Francisco nesta quinta-feira (28) às 16h (hora local). O poderoso abalo sísmico deve rondar o valor de 9,8 na escala Richter, sendo bem mais perigoso do que o terremoto que atingiu o Japão em 2011.

Para chegar a esta conclusão (que ele diz ser séria), o cara utilizou o serviço online Solar System Scope e realizou diversas análises referentes aos alinhamentos planetários de nosso Sistema Solar. Um vídeo em seu canal no YouTube mostra detalhadamente essa teoria, enfatizando de que o problema é a compreensão atual da gravidade por boa parte da sociedade, enfatizando que a força gravitacional terrestre seja consequência de uma ressonância interestelar. Confira:

Por fim, o mais incrível é que o filme “Terremoto — A Falha de San Andreas” tem previsão de lançamento justamente para a data crítica citada, 28 de maio. O que nos resta é aguardar os próximos capítulos dessa “novela”. O fato é: essa falha de San Andreas realmente existe e um dia isso vai se tornar realidade, gerando problemas graves para toda a região. Quando? Ninguém sabe.

***

E você, leitor, o que pensa sobre as catástrofes citadas? Acredita na suposta catástrofe do dia 28 de maio na costa oeste dos Estados Unidos? Não deixe de compartilhar sua opinião com a gente nos comentários abaixo.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.