12
Compartilhamentos

O que é a gravidade e qual sua importância para nós?

A existência da gravidade e que ela é responsável por nos manter presos no chão é algo bem conhecido entre os seres humanos, mas será que você compreende ela inteiramente? Conhecida por ser uma das quatro forças fundamentais da natureza, a gravida é a força que atrai outros objetos à Terra.

A palavra gravidade nasceu do latim gravitas, que significa peso. Em nosso planeta, a lei da gravidade é justamente o que faz com que um objeto tenha peso, enquanto também trabalha na Lua como um fenômeno que influência nas marés dos nossos oceanos. Porém, essas são apenas algumas de suas funções no Universo.

A descoberta da gravidade

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

O matemático e físico inglês Isaac Newton foi a primeira pessoa no mundo a entender a influência da gravidade em nossas vidas. Na época da descoberta, Newton estava pensando em quais forças impactavam diretamente no funcionamento da natureza e se viu intrigado por observar uma maçã caindo de uma árvore.

Pensando no porquê do fruto sofrer a queda e não voltar a se mover, o cientista passou a considerar a possibilidade de uma força estar puxando-o para a Terra. Newton passou a se perguntar se essa força também se estendia ao nosso sistema solar e em 1632 surgiu com o conceito de gravidade e criou a lei da força gravitacional.

Suas ideias fizeram com que outros cientistas alcançassem novas descobertas, como o fato da gravidade ser responsável por fazer com que os planetas permanecessem em órbita ao redor do Sol. Antes dessa descoberta, os gregos acreditavam que o sistema solar era controlado por Deus e seguia um padrão natural.

Universo sem gravidade

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Por mais que ela seja distinta dependendo da região do Universo, a gravidade está presente em todos os astros. Por mais imperceptível que seja, viver sem gravidade pode ser extremamente difícil e prejudicial aos seres humanos, como é possível ver através das experiências dos astronautas.

Alguns grupos de músculos são desafiados por sua existência, fazendo com que o simples ato de ficar em pé exija força do corpo para nos segurar contra a gravidade. De acordo com os experimentos feitos pela NASA, os astronautas perdem massa óssea e seus músculos perdem força durante a ausência da força gravitacional.

Esse, inclusive, é um dos motivos para os astronautas terem um tempo limite para permanecerem no Espaço. Estudos mostram que após três meses fora da Terra, sem gravidade, uma pessoa precisaria de dois a três anos para reconquistar toda a densidade óssea perdida.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.