Seja o primeiro a compartilhar

App da USP usa inteligência artificial para corrigir redações

Pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) e do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo (USP) lançaram, recentemente, um app capaz de corrigir redações para ajudar os estudantes que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Denominado Corretor Inteligente de Redações (CIRA), o aplicativo gratuito utiliza uma rede neural treinada em um banco de dados composto por mais de 100 mil redações corrigidas por humanos, com base nos moldes de avaliação do ENEM, para avaliar o texto enviado.

A partir daí, a inteligência artificial analisa a redação disponibilizada pelo estudante observando características extraídas por meio de “técnicas estatísticas e de processamento de linguagem natural”, segundo os responsáveis pela ferramenta, atribuindo uma nota de 0 a 1.000 pontos para o texto.

O app mostra aos usuários em quais quesitos precisa melhorar. (Fonte: Google Play Store/Reprodução)O app mostra aos usuários em quais quesitos precisa melhorar. (Fonte: Google Play Store/Reprodução)

No processo de correção, o app CIRA também pode apresentar algumas sugestões de melhorias no texto para o candidato, se necessário, ajudando-o a se aperfeiçoar em aspectos importantes para alcançar boas notas no exame elaborado pelo Ministério da Educação, no qual a redação possui um grande peso.

Quase um professor

Desenvolvida com base no projeto de iniciação científica do estudante de Ciências da Computação do ICMC Gabriel Nogueira, a ferramenta está disponível em app para Android e também funciona na versão web, acessível em qualquer navegador.

Para usá-la no computador, basta acessar o site do CIRA, inserir o tema, escrever o texto, utilizando os campos específicos para cada, e por último clicar em “Corrigir!”. Já no caso do app, você deve baixá-lo na Google Play Store e abrir o arquivo do texto na plataforma.

Versão web da ferramenta. (Fonte: CIRA/Reprodução)Versão web da ferramenta. (Fonte: CIRA/Reprodução)

Após submeter a redação à ferramenta, ela apresenta as estatísticas sobre o texto e a nota atribuída. Caso haja erros, eles ficam marcados em vermelho na tela, trazendo sugestões de correções que são exibidas ao clicar neles.

O app corretor de redações consegue identificar erros gramaticais, ortográficos, de pontuação e sintáticos, a presença de redundâncias e clichês, além de problemas relacionados ao estilo de escrita. Porém, o sistema não avalia a argumentação do escritor, diferenciando-se assim da nota dada pelos corretores humanos.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.