Seja o primeiro a compartilhar

Qual é o lugar mais velho da Terra?

Hoje em dia, a ciência considera que a Terra tenha 4,54 bilhões de anos — o que é bastante tempo se pensarmos no tempo em que vivemos. Durante esse período, o nosso planeta passou por diversas transformações e foi se moldando até virar um terreno apto a suportar vida.

Isso também significa que, em algum momento na história, o primeiro lugar habitável em nosso planeta surgiu. Mas será que nós conseguimos determinar onde isso aconteceu? Por mais que a ciência tenha conquistado diversos avanços no campo da tecnologia, esse tema ainda divide opiniões entre especialistas. Entenda!

Possibilidade 1: Antártida

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

As Colinas Friss, localizadas a 60 km da costa da Antártida, estão completamente mortas e secas há gerações, possuindo apenas resquícios de cascalho, areia e pedregulhos. Durante o inverno, as temperaturas na região alcançam a marca de -50?°C e não ultrapassam a casa dos -5?°C no verão.

Em 2005, no entanto, os pesquisadores Adam Lewis e Allan Ashworth, ambos da North Dakota State University, descobriram que as camadas de gelo das colinas escondiam centenas de besouros mortos, galhos de madeira, pedaços de musgo seco e de outras plantas. 

Toda essa vida morreu há mais de 20 milhões de anos, apesar do nível de conservação. Isso da indícios que essa região já foi lar para muito terreno verde cheio de seres vivos. Florestas de árvores frondosas cobriam a terra, incluindo, provavelmente, o que é hoje o Polo Sul. De acordo com os cientistas, árvores cresciam até 30 metros de altura há 300 milhões de anos — o que daria indícios de que esse seria o primeiro lugar na Terra antes da divisão em vários continentes.

Possibilidade 2: Pilbara

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Em outros estudos recentes, pesquisadores comprovaram que aborígenes australianos habitavam a região de Pilbara, na Austrália, há muito tempo e, portanto, esse seria um dos lugares mais antigos da Terra. Pilbara começou a se formar há mais de 3,6 bilhões de anos e sua vasta paisagem de vermelhos profundos e panoramas infinitos traz uma mística instigante.

Apesar de ter o dobro do tamanho da Grã-Bretanha, essa é uma das áreas mais escassamente populadas em nosso planeta. Os cientistas determinaram que as vastas formações de rochas ricas em ferro de Pilbara, formadas antes da existência de oxigênio e da própria vida, são o exemplo mais bem preservado da crosta mais antiga do mundo. 

Segundo Martin Van Kranendonk, professor de geologia da Universidade de Nova Gales do Sul, as rochas de Pilbara são tão antigas que não contém fósseis em sua estrutura, mas estromatólitos — a evidência fossilizada das formas de vida mais antigas da Terra. 

Conclusões

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Embora os terrenos de ambas as regiões mostrem indícios de formações de vida muito antigas, sem contar modelos rochosos extremamente conservados, definir qual o lugar da Terra é o mais antigo de todos é um tanto quanto complicado. Até hoje, nossos estudos paleontológicos e geográficos não nos permitem ir tão a fundo assim.

Dessa forma, tudo não passa de previsões. É possível determinar quais são os campos mais preservados e com acervos biológicos profundos, porém estimar com precisão o ponto de partida de tudo ainda é um tiro no escuro. Quem sabe não saberemos mais sobre o tema com os próximos capítulos da tecnologia!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.