(Fonte da imagem: Reprodução/Business Recorder)

Sempre que pensamos nos atletas quenianos nos vem à mente os famosos maratonistas que sempre deixam os demais corredores comendo poeira nas competições (ou quase isso). Tanto que a equipe representando o Quênia nos Jogos Olímpicos de Londres conta com 44 atletas, sendo 43 deles corredores.

De acordo com uma notícia publicada pelo The New York Times, existe um único atleta da equipe africana que decidiu “correr” contra a regra, aprendendo a lançar dardos através do YouTube, tornando-se uma exceção em seu país.

Sr. YouTube

Isso mesmo! Julius Yego, de 23 anos, não contou com a ajuda de técnicos ou treinadores experientes para se classificar para as Olimpíadas. O jovem policial de apenas 1,75 metros e 85 quilos se inspirou em seus ídolos — e rivais — assistindo a vídeos desses atletas pela internet para tentar aprender tudo o que podia sobre essa modalidade esportiva.

E parece que a técnica utilizada por Yego, além de lhe render o apelido de Mr. YouTube, deu certo. Segundo o site Business Recorder, o jovem queniano quebrou o recorde de seu país ao realizar um lançamento de 81,81 metros durante a prova ocorrida ontem (8), classificando-o para a final do evento, ao som de uma torcida de 80 mil vozes no estádio olímpico de Londres.

Embora seja muito difícil que Yego consiga subir ao pódio — e dividir o espaço com gigantes como Vitezslav Vesely, Andreas Thorkildsen ou Tero Pitkamaki —, sem dúvida o jovem queniano já fez história nesta edição dos Jogos Olímpicos.

Fontes: The New York Times e Business Recorder