8 dos lugares mais remotos do mundo
07
Compartilhamentos

8 dos lugares mais remotos do mundo

Último Vídeo

O mundo atual está repleto de estresse, correria e aglomeração. Todos os dias você repete a sua rotina e se pergunta: será que eu conseguiria viver pelo menos um dia longe disso tudo?

Considerando então todos os aspectos da vida moderna, reunimos aqui 8 dos lugares mais remotos da face da Terra, em diferentes aspectos. Quem sabe você se encaixa nos padrões de algum, não é mesmo?

1 – Arquipélago de Svalbarg

svalbarg.jpg?w=1040

Esta ilha pertencente ao governo norueguês é o território mais próximo ao Polo Norte. Com cerca de 3 mil habitantes, o lugar tem pelo menos 60% da superfície coberta de gelo e permafrost. Além disso, a vida humana é bem dividida com ursos polares, focas, renas e diversos pássaros que rodeiam a região.

Os invernos podem chegar aos 14 graus negativos, enquanto o verão fica em torno dos 6 graus positivos. Embora remoto, o local apresenta uma variedade de atrações artísticas, além de restaurantes e bares típicos. O nome da ilha foi descrito pela primeira vez em textos islandeses do século XII e significa “litoral frio”.

2 – Madagascar

madagascar.jpg?w=1040

Todos nós lembramos muito bem do filme da Dreamworks, certo? Sim, mas não e sobre o filme que vamos falar. Madagascar é uma ilha a sudeste da África, onde são encontradas espécies endêmicas e únicas de animais, inclusive ameaçados de extinção.

Considerando todos esses aspectos, podemos perceber que Madasgacar é extremamente selvagem, em se tratando de natureza, sempre rodeado de selvas bem fechadas e muitos animais selvagens ao redor. Além disso, as pessoas lá vivem com uma média de 2 dólares por dia. Para se distrair, a população pratica esportes como futebol, rúgbi e boliche.

3 – Iqaluit

iqaluit.jpg?w=1040

Esta cidade situada no estado de Nunavut, no Canadá, é a cidade com a menor população do país. A maioria dos habitantes são indígenas do povo Inuit, nativos das regiões polares, mas também há povos de outras etnias, como negros, brancos, asiáticos e até latino-americanos.

Se você não gosta de muito trânsito e às vezes anda com pressa, Iqaluit pode ser um ótimo lugar, pois, além de ser a única cidade do Canadá sem uma rodovia, quase não há sinais de trânsito por lá. Para quem quer trabalhar, a região pode ser muito boa, visto que trabalho é o que não falta, bem como bons salários.

4 – Perth

perth.jpg?w=1040

Perth é a quarta maior cidade da Austrália, toda desenvolvida, bela e com tudo o que uma cidade deve ter para ser considerada grande. E você não precisa se preocupar, pois de lá dá para ir para qualquer lado da Austrália sem nenhum problema.

A não ser que você decida ir de carro, moto ou qualquer transporte que não seja o avião. Isso porque Perth está na costa oeste desse país continental, uma zona erma. Para ir à capital, é preciso enfrentar por volta de 3 mil quilômetros, passando por um deserto, com sol escaldante. A cidade grande mais próxima é Adelaide, que fica a pelo menos 2 mil quilômetros.

5 – Funafuti

funafuti.jpg?w=1040

Capital da ilha de Tuvalu, que tem seus incríveis 26 km², talvez ela jamais fosse descoberta ou visitada se não houvesse aviões. O lugar mais próximo a essa estreita localidade é a ilha de Fiji, que fica a 1 mil quilômetros de Tuvalu.

Cerca de 6 mil pessoas habitam Funafuti. O lugar é tão remoto que recebe menos de um turista por dia, a média é de 350 por ano. A ilha foi inicialmente habitada há cerca de 2 mil anos por nativos, vindos de ilhas próximas. Foi vista por navegadores europeus no século 16 e invadida no século 19. Inclusive, seus habitantes chegaram a ser escravizados.

6 – Nuuk

nuuk.jpg?w=1040

Capital e maior cidade da maior ilha do mundo – a Groenlândia –, a simpáica Nuuk é a capital mais ao norte do mundo. Mesmo sendo remota e de difícil acesso, para o povo local Nuuk nem é tão inacessível assim – Ittoqqortoormiit, que eu nem sei pronunciar, seria mais.

Acontece que, por ser capital, Nuuk reserva maior importância e é muito mais procurada que outras cidades do território groenlandês. Para se chegar a essa localidade, deve-se passar pela Islândia ou por Copenhagen, na Dinamarca. Sair de lá também são outros “quinhentos”, porque o lugar é rodeado por gelo e permafrost, além de não ter estradas, o que dificulta a locomoção.

7 – Yakutsk

yakutsk-largest-city-permafrost-russia-1.jpg?w=1040

Se você gosta de frio, eu te aconselho a procurar essa cidade, capital da Yakutia, na Sibéria. Além de ser lá longe, o lugar é só o mais frio do planeta. Chegar lá é que não é fácil. A única estrada existente só pode ser usada no inverno, que é quando os rios congelam, porque quebrar um rio desses é pedir para morrer congelado.

Daí sim, pelo rio tem como ir no “verão”, navegando mais de 1,6 mil quilômetros. Se você estiver entediado, pode pegar um avião em Moscou e ficar 6 horas dentro dele, passando por quase 5 mil quilômetros até chegar ao seu destino.

Depois que estiver lá – se conseguir chegar –, você vai se deparar com um frio de 50 graus negativos durante a maior parte do ano e, no verão, 30 graus negativos. Clima agradável, não?

8 – Socotra ou Socotora

socotra.jpg?w=1040

Mais um conjunto de ilhas para nossa lista. Socotra se localiza no oceano Índico e apresenta uma variedade de plantas endêmicas – que são encontradas apenas naquele lugar –, o que torna o local especial e exótico.

Pelo fato de estarem isoladas e apresentarem espécies exóticas e uma vegetação única, as ilhas são chamadas de Jardim do Éden original. A população é estimada em 40 mil pessoas, que compartilham suas vidas com uma natureza sem igual.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.