1814: o ano em que uma enchente de cerveja inundou Londres
160
Compartilhamentos

1814: o ano em que uma enchente de cerveja inundou Londres

Último Vídeo

A imagem de ondas de cerveja invadindo as ruas da cidade pode até parecer interessante para algumas pessoas e arrancar gargalhadas de outras. No entanto, a verdade sobre esse inusitado episódio, ocorrido em Londres em 17 de outubro de 1814, é mais trágica do que parece.

Em 1810, a cervejaria Meux's Brewery comprou um tanque de fermentação, feito de madeira, com 6,5 metros de altura e capacidade para armazenar 600 mil litros de cerveja. Quatro anos depois da dispendiosa aquisição, o seu suporte se romperia e, como efeito dominó, causaria a ruptura dos demais tanques da fábrica, lançando para fora aproximadamente 1,5 milhão de litros da tradicional cerveja escura tipo porter.

fachada da cervejariaRepresentação da fachada da cervejaria

O impacto foi tão intenso que a parede dos fundos da cervejaria desmoronou, e a bebida, que jorrava descontroladamente dos tanques, formou uma onda gigante que destruiu duas casas e inundou boa parte do bairro de St. Giles, na época densamente habitado em seus cortiços e habitações populares. Oito pessoas morreram, inclusive duas idosas e duas crianças com menos de 5 anos.

O incidente, além de deixar vítimas fatais e impregnar cheiro de cerveja na região durante semanas, provocou efeitos na forma de produzir a bebida em grande escala. Progressivamente, grandes barris de madeira foram sendo descartados e substituídos pelos de materiais mais resistentes.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.