Resusci Anne: a história por trás do rosto mais beijado do Sena

Resusci Anne: a história por trás do rosto mais beijado do Sena

Último Vídeo

Uma jovem de cerca de 16 anos foi encontrada morta às margens do Rio Sena, em Paris, no final do século XIX. Mais precisamente falando, no fim da década de 1880. Jamais alguém conseguiu identificá-la e nem saber o que provocou a sua morte. Por conta disso, ela passou a ser chamada de L'inconnue de la Seine, ou simplesmente "A Desconhecida do Sena". Posteriormente, ela foi inspiração para a boneca Resusci Anne, o manequim usado em treinamentos de RCP, a reanimação cardiorrespiratória, também popularmente chamada de "respiração boca a boca".

Alguns estudiosos acreditam que uma possível causa do seu falecimento seria o suicídio, provavelmente por meio do afogamento. A hipótese surgiu pelo fato de ela não apresentar nenhuma evidencia de agressão ou algo parecido e por ter uma aparência de alguém relativamente novo.

A origem do rosto mais beijado do Sena

O rosto da "Desconhecida do Sena". (Fonte: Super Interessante/Reprodução)

Após terem encontrado a jovem de 16 anos morta, levaram seu corpo para o necrotério. Como era comum naquela época, o cadáver ficou exposto por um tempo a fim de que alguém eventualmente a reconhecesse. Entretanto, ela jamais foi identificada por ninguém.

Surpreendentemente, um patologista em especial, que atuava nesse mortuário, ficou profundamente encantando com a jovem, sobretudo em razão de seu semblante calmo e misterioso. Sua obssessão chegou a tal ponto que ele pagou um artista plástico para que efetuasse um molde de seu rosto.

O curioso é que a máscara construída a partir do rosto da Desconhecida do Sena começou a ser vendida para além das margens do respectivo rio. Aos poucos, ela se transformou em uma fonte de inspiração para os mais variados tipos de artistas. As especulações sobre sua vida e sua morte circulavam intensamente.

Resusci Anne: o "rosto mais beijado do mundo"

Por volta de 80 anos depois e inspirado pela história da Desconhecida do Sena, um homem chamado Armund, dono de uma fábrica de brinquedos, após quase ter perdido seu filho e por conta de um pedido especial, fabricou uma boneca que auxiliasse no treinamento da recém-inventada técnica de RCP. Aliás, o manequim recebeu o nome de Resusci Anne.

Algo em torno de 2 milhões de pessoas já foram salvas em decorrência dos treinamentos com a tal boneca. Por essa razão, de certa forma, o rosto do cadáver da jovem de 16 anos pode ser considerado o "mais beijado do mundo".

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.