Casa assombrada é castigo para quem furar quarentena na Indonésia

Casa assombrada é castigo para quem furar quarentena na Indonésia

Último Vídeo

Na Indonésia, um político local precisou tomar medidas drásticas para conter a vontade das pessoas de furar a quarentena por lá. Para isso, Kusdinar Untung Yuni Sukowati, o chefe regente de Sragen, decidiu amedrontar os infratores colocando-os trancados dentro de uma casa que tem a fama de ser mal assombrada na região da ilha de Java, a fim de dar um exemplo para os outros habitantes.

Diversos países do mundo adotaram o isolamento e distanciamento social e físico para evitar a propagação da covid-19, doença causadora do coronavírus. Até que uma vacina ou medicamento eficaz seja encontrado para o controle do problema, a solução temporária vem sendo a consciência e bom senso da população mundial. Mas acontece que muita gente não respeita as restrições e recomendações dos especialistas e prefere ter o descuido de sair nas ruas para não ter sua vida restringida.

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Sendo assim, no país do sudeste asiático, provocar o medo na população pode ser uma arma contra a irresponsabilidade. Kusdinar passou a mandar quem não respeitar o isolamento para a companhia dos fantasmas de algumas casas abandonadas e “mal assombradas” da região. Dessa forma, o político espera conseguir fazer com que as pessoas respeitem a quarentena e parem de oferecer risco na propagação do vírus.

Casas mal-assombradas

A ideia do chefe regente de Sragen surgiu após sua percepção de pessoas que vinham, sobretudo, da capital Jacarta e de outras grandes cidades que tinham restrições maiores com relação ao isolamento até a localidade.

"Caso as pessoas desrespeitem as ordens do isolamento, várias aldeias já pedem minha permissão para colocá-las em quarentena em alguma escola primária abandonada ou em casas isoladas", afirmou Kusdinar. “Eu dei minha permissão. Se necessário, eles devem ser trancados dentro de uma casa mal assombrada. Mas nós ainda iremos monitorá-los e alimentá-los por esse período”, completou.

Na vila Sepat, os funcionários que por lá residem escolheram uma casa abandonada que muitas pessoas acreditam ser assombrada. Essa casa sinistra já foi transformada em uma espécie de centro de reclusão para a quarentena no qual os infratores do isolamento permanecerão. Até agora, três pessoas já foram condenadas a passar pelo menos uma quinzena por lá.

(Fonte: The Jakarta Post)(Fonte: The Jakarta Post)

Enquanto isso, na vila de Plupuh, uma casa abandonada semelhante, localizada no meio de um arrozal, foi escolhida para colocar em uma quarentena macabra e forçada aqueles que ousarem sair de suas casas e arriscar a propagar o vírus pela região. Duas pessoas já foram confinadas a residir por algum tempo em meio aos fantasmas que lá habitam. 

“Se esses moradores de Plupuh tivessem obedecido a ordem [de ficar em casa], não teriam sido trancados lá”, reforçou Kusdinar.

E para quem acha que essa medida é um tanto quanto bizarra, é bom lembrar que não é a primeira vez em que as autoridades do país do sudeste asiático utilizam do medo aos fantasmas da população para garantir que as regras sejam obedecidas. Recentemente, inclusive, algumas pessoas já se vestiram de uma forma assustadora e ficaram nas ruas de Java para fazer com que os moradores não saiam de casa.

A Indonésia acumula pouco mais de 9 mil casos confirmados da covid-19 em todo o seu território. Por lá já são 765 mortos pela doença.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.