Cachorrinha arremessada em rapper ganha nova vida e muito amor

Cachorrinha arremessada em rapper ganha nova vida e muito amor

Último Vídeo

Um incidente bizarro na sexta-feira passada (09), provou que se a vida lhe der limões, faça uma limonada. Ou melhor, nesse caso, se uma mulher transtornada e racista jogar uma adorável cachorrinha em você, adote a bebezinha e seja feliz.

Pelo menos foi o que o rapper Glomula decidiu fazer, quando foi impedido de voltar para seu carro por uma jovem caucasiana segurando uma filhote de forma precária nos braços. Confira o vídeo a seguir:

Como é possível ver na filmagem, a moça começa a vir em direção ao rapper no meio da rua, gritando várias barbaridades e tornando-se cada vez mais hostil, chegando até a cuspir. Por fim, ao ser questionada por que carregava o bichinho sem o menor cuidado, a mulher atira a animal com toda força em Glomula, ferindo a pobrezinha no processo.

Males que vem para o bem

A cadelinha fica obviamente assustada com a violência sofrida, e ao buscar refúgio no homem, acaba ganhando um novo dono. O jovem se recusa a devolver a dogginha para a mulher descontrolada, dizendo para ela ir embora pois a cachorra era dele a partir daquele momento, e que tinha tudo documentado em vídeo.

(Fonte: Mulaflare/Reprodução)
(Fonte: Mulaflare/Reprodução)

Recebendo o nome de Movie, além de muito amor e carinho, a peludinha teve até uma página no GoFundMe para arrecadar o valor necessário para seus cuidados iniciais.

A meta de US$ 3 mil (R$ 16 mil) foi rapidamente alcançada em oito horas, o que não foi uma surpresa, afinal, a gravação se tornou viral, com 23 milhões de views no Twitter e 2,5 milhões no Instagram.

(Fonte: Mulaflare/Reprodução)
(Fonte: Mulaflare/Reprodução)

Movie ganhou até uma conta no Instagram para mostrar toda sua fofura, e já tem um incrível total de 220 mil seguidores!

(Fonte: Instagram - movieflare/Reprodução)
(Fonte: Instagram – movieflare/Reprodução)

Animal não é brinquedo

Além de marcar mais um caso absurdo de racismo, o que aconteceu com essa cadelinha serve para ressaltar um ponto muito importante: antes de pegar um bichinho, é preciso lembrar que estamos falando de uma vida que será dependente do dono por muitos anos.

Vai ser preciso conviver com pelos espalhados pela casa, itens favoritos cheios de baba, dejetos, além de gastos necessários com comida e veterinário. Então, caso essas situações lhe pareçam incômodas ou você não tenha condições financeiras, é melhor repensar com muito carinho, ok?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.