Sabonete feito com pó de ouro e diamante custa 'apenas' R$ 15 mil

A empresa Bader Hassoun & Sons, grupo familiar tradicional de Trípoli, Líbano, que fabrica sabonetes e produtos de higiene corporal desde o século XV, lançou seu mais novo carro-chefe, que une elementos da realeza a um banho agradável e perfumado. Por “apenas” o equivalente a R$ 15 mil, o sabonete feito com pó de ouro e diamante já pode ser adquirido, porém certamente não será encontrado em mercados mais populares.

Pesando apenas 160 g, a barra da marca Khan Al Saboun é uma composição de diversas substâncias raras e valiosas, misturando metais preciosos como ouro e diamante, plantas aromáticas exóticas e óleos essenciais. A linha Premium dos sabonetes podem ser encontradas exclusivamente em lojas de Dubai e dos Emirados Árabes Unidos, porém seus produtos mais robustos são distribuídos apenas para celebridades e pessoas importantes.

Uma origem ambiciosa

Criada em 2013, a barra foi inicialmente feita com dois propósitos, sendo um presente exclusivo para a primeira-dama do Catar e como um item capaz de colocar a Bader Hassoun & Sons no Livros dos Recordes, ao ter seu sabonete indicado como o mais caro do mundo. Com o tempo, a companhia passou a investir em uma variedade maior de produtos, todos voltados para clientes de luxo e capazes de desembolsar uma boa grana.

“Esse tipo de sabonete muda o seu banho de rotina diária para um prazer”, disse Amir Hassoun, CEO da empresa. “Não é apenas o sabonete mais caro do mundo por ser feito apenas de ouro e diamante; é realmente algo especial, tem um efeito psicológico e espiritual no ser humano.” 

Nas redes sociais de Hassoun, é possível observar que sua companhia comercializa fragrâncias, géis para limpeza, cremes e outros itens. Quanto ao sabonete, nada é comentado sobre sua disponibilidade ou forma de aquisição, deixando no ar que é uma edição limitada feita apenas para o agrado de convidados especiais e para status.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.