Por que os aspiradores são os 'grandes inimigos' dos cães?

Quem tem um bichinho de estimação em casa deve saber que os aspiradores podem ser muito úteis na hora da limpeza do lar, sendo uma forma eficaz e rápida de lidar não só com o pó, mas também com os tufos de pelo que acabam surgindo pelos cômodos.

Mas enquanto esses aparelhos são nossos grandes aliados na faxina, eles também parecem causar um grande incômodo para vários cachorros, como se fossem até seus piores inimigos. e agora vamos explicar o motivo por trás disso.

O nêmesis barulhento e errático

(Fonte: Pixabay/Reprodução)
(Fonte: Pixabay/Reprodução)

Em primeiro lugar, o som gerado por aspiradores já pode ser assustador o bastante para nossos amigos caninos, que possuem uma aversão a ruídos altos e inesperados. Além disso, toda a movimentação da máquina é estranha para os doginhos, que muitas vezes podem não entender que é o dono que a está controlando.

“O início repentino de um barulho alto e vibração forte vai assustar a maioria dos cães. O instinto deles é fugir antes que ele os coma. Ele também se move de uma ‘forma ameaçadora’ e muitas vezes está perto do dono de animal de estimação, a quem eles querem proteger”, explicou a veterinária Dra. Diane Levitan.

Outra parte do problema é que estes aparelhos tendem a levantar a poeira e outras partículas com odores fortes antes de aspirá-las, e isso pode acabar irritando o nariz do seu amigo de quatro patas, afinal, o olfato dele é muito mais apurado do que o nosso.

Acabando com a guerra

Para aqueles que ficam preocupados com o bem-estar emocional de seu cachorro sempre que precisa usar o aspirador, existem alguns truques que podem tornar este momento mais confortável para o animal.

(Fonte: Pixabay/Reprodução)
(Fonte: Pixabay/Reprodução)

Um deles é utilizar o aparelho na limpeza com mais frequência, pois isso fará com que seu amigo peludo passe a vê-lo como uma parte da rotina. Caso você já esteja fazendo isso e o medo do seu bichinho ainda é real, pode tentar a tática de dar petiscos para o bichinho sempre que for aspirar a casa, o que acaba criando uma associação positiva a utilização do “monstro barulhento”.

E se nada disso funcionar, uma alternativa é colocar seu cãozinho em um quarto isolado antes da faxina e ligar um ventilador ou algo que gere um ruído branco alto o suficiente para abafar os temíveis sons do aspirador.

E aí, vocês têm alguma tática diferente para “manter a paz” entre seus animais e eletrodomésticos em casa? Contem para nós na sessão de comentários!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.