Parecido com filhote de urso, cachorro adorável encontra novo lar

Parecido com filhote de urso, cachorro adorável encontra novo lar

Último Vídeo

Depois de ter sido abandonado aos cinco meses de idade, o cachorrinho Bertram parece ter dado a volta na vida e encontrado uma nova família para lhe oferecer todo amor no mundo. O cão da raça lulu-da-pomerânia, que mais parece com um filhote de urso, chegou a ser considerado “grande demais para ser vendido” e foi deixado de lado por seus criadores.

Porém, bastou a artista Kathy Grayson encontrar suas fotos no site PetFinder.com para logo se apaixonar por Bertie — como foi apelidado. “A expressão em sua cara falava comigo, eu sabia que ele tinha que ser meu cachorro”, disse Grayson em entrevista.

Amigo “urso”

Bertie foi adotado em um abrigo para animais em Oklahoma, nos Estados Unidos, e agora vive feliz com a sua nova família na cidade de Nova York. Extremamente contente com seu novo amigo, Greyson decidiu criar uma conta no Instagram para expor para o mundo o adorável cotidiano do seu cão-ursinho.

Não demorou muito para que o pet viralizasse pela internet com os vídeos de suas caminhadas pela rua ou até mesmo tirando uma sonequinha. Atualmente, o perfil do cachorro na rede social já possui mais de 439 mil fiéis seguidores esperando para admirarem sua próxima postagem.

Afinal, não é todo dia que você pode acompanhar uma criatura tão fofa quanto esse híbrido de urso com lulu-da-pomerânia esbanjando graciosidade por onde passa, não é mesmo?

Crescimento nas redes sociais

De acordo com Kathy, as fotos do cãozinho sempre foram populares entre seus amigos. Porém, foi necessário apenas uma fotografia dele fantasiado de Urso Paddington para que o perfil atingisse patamares impensáveis pela norte-americana. Segundo Grayson, tudo aconteceu por volta da época do lançamento do filme As Aventuras de Paddington 2 (2017).

“Ele realmente parecia com o urso do filme, era muito esquisito. Nós o chamamos de pequeno filhote de urso”, disse a dona do pet. O alcance de suas postagens se tornaram tão grandes que hoje o cachorro chega até mesmo a ser reconhecido quando passeia pelas ruas de Nova York.

Além disso, atualmente o fofinho “trabalha” na galeria de arte The Hole, onde exerce a função de mascote-recepcionista para os visitantes e interessados pelas exposições de arte da sua dona. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.