Pitbull ferido é resgatado de caçamba após ser descartado como lixo

Um filhote de Pitbull foi encontrado dentro de uma caçamba de lixo na cidade de Ohio, Estados Unidos. Segundo relatos, o animal estava em um visível estado de choque, além de bastante ferido e trêmulo, enquanto era salvo pela instituição local Liga de Bem-Estar Animal de Trumbull (AWLTrumbull).

O caso chocante do descarte animal chamou a atenção da imprensa e do público pela crueldade, especialmente após uma perícia comprovar que o cão possuía cortes novos e antigos nas costas, face e patas. Dessa forma, além do próprio despejo do animal como se fossem restos de lixo, a situação coloca em questão um potencial envolvimento em maus tratos que vinha se perpetuando, onde o cãozinho era constantemente agredido.

(Fonte: Facebook - AWLTrumbull / Reprodução)
(Fonte: Facebook – AWLTrumbull / Reprodução)
(Fonte: Facebook - AWLTrumbull / Reprodução)
(Fonte: Facebook – AWLTrumbull / Reprodução)

As autoridades locais de Ohio estão à procura dos possíveis responsáveis por descartar o pitbull na lixeira, visto que o estado ampliou seu rigor e punição para casos de violência contra animais domésticos. Se condenado, o criminoso terá uma contravenção máxima de até um ano de prisão e multa de US$ 2.500.

Os cuidados após o resgate

Após ser encontrado, o cão foi imediatamente levado ao veterinário, onde passou a receber os primeiros cuidados mais atenciosos. Infelizmente seu estado não era nada bom e, após uma bateria de exames, foi constatado que diversas áreas do corpo estavam infectadas, assim como um dos dentes caninos estava quebrado. 

(Fonte: Facebook - AWLTrumbull / Reprodução)
(Fonte: Facebook – AWLTrumbull / Reprodução)
(Fonte: Facebook - AWLTrumbull / Reprodução)
(Fonte: Facebook – AWLTrumbull / Reprodução)

No momento, o cão está se recuperando gradualmente, mas sob as mãos atenciosas da instituição AWLTrumbull, que pede a ajuda da população local com a contribuição de doações e para o repasse de mais informações sobre o cachorro e seus antigos donos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.