01
Compartilhamento

6 invenções que mudaram completamente o mundo

Alguma vez você já se perguntou como uma pessoa foi tão genial ao ponto de criar determinado objeto ou ferramenta? Ao olharmos para o passado da humanidade, podemos notar que diversos recursos introduziram mudanças significativas para a sociedade contemporânea e entraram para a história do mundo criativo.

Pensando nisso, nós separamos uma lista com seis invenções que mudaram o mundo e são utilizadas até hoje. São elas:

1. Tempo

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Tecnicamente, o tempo é tanto uma invenção quanto uma descoberta. Apesar de ser um recurso natural do universo, entretanto, o tempo só foi passar a ser estabelecido e mensurado quando os seres humanos decidiram realizar marcações arbitrariamente. Pelos nossos padrões, cada dia possui 24 horas, uma hora possui 60 minutos, um minuto possui 60 segundos e por aí vai.

Os calendários são resultados de sistemas criados por egípcios, gregos, romanos e babilônios, formando a base de tudo que fazemos atualmente. Desde a "criação" do tempo, aprendemos a regular processos com medidas definitivas e mais precisas.

2. Matemática

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Você pode até ter achado um saco aprender matemática no colégio, mas é inegável que essa ciência do conhecimento é base para muitas coisas na sociedade contemporânea. Sem matemática, não há medição, engenharia ou física. E isso significa não existir medicina, arquitetura, tecnologia avançada ou computação.

Por mais que os humanos busquem por uma linguagem universal para se comunicarem, não há meios melhores do que a matemática. Os cálculos são precisos e seguem sendo feitos da mesma maneira em todas as partes do mundo.

3. Internet

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Se você está lendo esse texto nesse exato momento, tudo isso é graças à internet. Com ela, conseguimos migrar vários processos para o mundo virtual, aceleramos a vida, encurtamos distâncias e abrimos portas para o desenvolvimento crescente da sociedade. 

Por meio da internet, é possível democratizar o acesso ao aprendizado e caminharmos para um futuro mais justo. Para isso, basta que os seres humanos aprendam a lidar com o poder que têm em mãos.

4. Saneamento

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Um dos fatores que permitem aos seres humanos elevarem suas expectativas de vida é o saneamento básico. Por mais que a criação de vacinas e antibióticos cumpram papel importante, o maior período de crescimento na expectativa ocorreu entre 1800 e 1900 — antes das invenções da medicina moderna.

Nós passamos a nos preocupar mais com água potável, alimentos mais seguros, gerenciamento de esgoto, coleta de lixo, higiene pessoal, esterilização e qualidade do ar, o que fez com que as pessoas vivessem mais e tivessem uma vida mais saudável. 

5. Método científico

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Todas as invenções do mundo só foram possíveis porque em algum momento nós desenvolvemos um método científico para colocarmos os conhecimentos à prova. A ciência, que tendemos a pensar como uma soma de informação e tecnologia, é apenas uma abordagem de investigação simples.

Todas as informações que coletamos, testamos com base em mais informações, e isso nos leva a todas as verdades que temos, sejam elas verdades pessoais ou grandes descobertas científicas. Ou seja, a curiosidade é a base do processo de descoberta.

6. Sobremesas

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Por mais ridículo que isso possa soar, a invenção das sobremesas é um marco para a vida humana. Ao longo de nossa história, toda alimentação foi baseada em instintos de sobrevivência, fundamentada na caça, na coleta e, posteriormente, na agricultura e na pecuária, mas sempre pensando na perpetuação da espécie. No caso das sobremesas, o objetivo dessa invenção era um só: a felicidade.

Quando um de nossos ancestrais olhou ao seu redor e percebeu que a oferta de alimentos já não era tão complicada para algumas parcelas da sociedade, então passou-se a comer por alegria, festividade e pura celebração da vida.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.