10
Compartilhamentos

O que a sua caligrafia diz sobre você?

Provavelmente você nunca parou para pensar sobre isso, mas a sua caligrafia diz mais sobre a sua existência como ser humano que você pode imaginar. Na verdade, existe um segmento inteiro da ciência dedicado exclusivamente para analisar os traços de personalidade exibidos através da escrita à mão chamado de grafologia.

Existente desde os tempos de Aristóteles, a grafologia atualmente é utilizada para ajudar em investigações criminais e também para monitorar a saúde de uma pessoa. Em alguns casos, existem empresas que realizam uma análise da grafia dos trabalhadores para determinar a compatibilidade de mercado.

Traços de personalidade

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Por mais incrível que pareça, profissionais de grafologia conseguem identificar mais de 5 mil traços de personalidade diferentes somente observando a caligrafia de um indivíduo. Apesar de normalmente serem conceitos básicos sobre a vida de uma pessoa, essa análise pode levantar informações que uma pessoa nem sequer considerou fazerem parte da sua vida.

Em entrevista para a Business Insider, a grafóloga Kathi McKnight tentou explicar como o processo de interpretação ocorre. Entre as sugestões, a profissional pede para que as pessoas escrevam em um papel a frase "a rápida raposa marrom salta sobre o cachorro preguiçoso".

Então, o indivíduo em questão deve detalhadamente ler a frase escrita diversas vezes. É importante ressaltar, entretanto, que cada releitura deverá ser feita prestando atenção em uma série de fatores conhecidos por oferecer alguma visão sobre a personalidade das pessoas.

Tamanho das letras e palavras

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Uma das primeiras coisas que podem falar algo sobre você é o tamanho usado para escrever as letras e palavras. Dependendo se você tiver uma escrita grande demais ou muito pequena comparada com a média das pessoas, isso pode dizer um pouco mais sobre as suas relações sociais.

Em geral, pessoas com letras muito grandes possuem o desejo de se sentirem notadas e gostam de estar entre mais pessoas. São indivíduos extrovertidos e que necessitam das interações sociais como combustível durante o dia. Por outro lado, quem possui letra menor tende a ter maior foco e concentração.

A diferença é que aqueles com letra pequena costumam ser mais introvertidos e precisam de algum tempo em sua própria zona de conforto para colocar a cabeça no lugar e conseguir atingir seus objetivos.

Inclinação

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Você é do tipo de pessoa que escreve todas as palavras extremamente retilíneas ou coloca alguma inclinação nelas quase como se escrevesse em itálico? Fique atento, pois esse é outro fator que deve ser levado em consideração nos estudos de grafologia.

Pessoas com grafia reta preferem viver à base de lógica em vez das emoções, costumam ser muito sólidas em suas decisões e bastante pragmáticas. Por outro lado, a personalidade de quem coloca inclinações varia para que lado a letra está pendendo mais.

Se for para a direita, você deve ser uma pessoa muito calorosa, amistosa, sentimental e impulsiva. De maneira geral, você valoriza seus amigos e familiares. Caso seja para a esquerda, você prefere trabalhar com coisas e não pessoas, é introspectivo e reservado, além de pensar mais em você na hora de fazer qualquer coisa.

Pressão na escrita

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Indivíduos que colocam muita pressão na hora de escrever e deixam as letras mais grossas tendem a apresentar emoções muito fortes e sentir tudo muito intensamente. Além disso, esse pode ser um sinal de que você é muito rápido para reagir a qualquer tipo de acontecimento.

Agora se você é do tipo que aplica pouca pressão na escrita e apresenta letra mais fina, isso é um sinal de que você não tem muita dificuldade de se deslocar de um lugar para outro e não costuma se desgastar emocionalmente durante os acontecimentos da vida.

Letras conectadas e espaçamento

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Você prefere juntar todas as letras de uma palavra ou escrevê-las separadamente? Na primeira hipótese, isso quer dizer que você é uma pessoa mais lógica, metódica e prefere tomar decisões com cuidado. Caso o contrário, as letras conectadas são um sinal de que você é um indivíduo inteligente e intuitivo.

Além disso, o espaçamento entre as letras também diz muito sobre alguém. Pessoas que deixam todas as letras apertadas não costumam controlar bem o tempo que têm, enquanto quem usa maior espaçamento tende a saber mais quais são seus limites.

Pingos e traços

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Como você coloca os pingos nos I's? Se eles costumam ser maiores e abertos, isso pode demonstrar que você é uma pessoa mais brincalhona e divertida, além de ser mais artístico e se destacar. Porém, se você escreve um ponto seco e fechado, talvez isso mostre que você não gosta de desordem e presta muita atenção ao detalhe.

Quanto aos traços nos T's, indivíduos que riscam a parte superior costumam traçar objetivos maiores para a vida e apresentam maior autoestima, enquanto quem risca a parte inferior da letra T tende a ser mais inseguro e menos sonhador. 


Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.