Qual foi a 1ª medalha de ouro do Brasil na história das Olimpíadas?

No dia 26 de julho, o surfista Italo Ferreira conquistou o primeiro ouro do Brasil nas Olimpíadas de 2020 em Tóquio. Além da primeira medalha dourada dessa edição para o país, o surfista também entra na história como o primeiro medalhista do surfe na categoria masculina. Afinal, é a primeira vez que o surfe concorre como uma modalidade olímpica, tendo o brasileiro eternizado na história dos jogos. 

Com essa excelente notícia para o país, muitas pessoas começaram a se perguntar quem foi o primeiro brasileiro a conquistar o lugar mais alto no pódio nos jogos. Você sabe quem foi e quando isso aconteceu? 

A primeira medalha de ouro do Brasil 

No dia 3 de agosto de 1920, Guilherme Paraense, militar do exército brasileiro e natural de Belém ganhou a primeira medalha de ouro para o Brasil na modalidade de tiro esportivo. O atleta participou da edição que ocorreu na Antuérpia, na Bélgica, e essa edição foi a primeira participação do Brasil em jogos olímpicos. Na ocasião, 21 atletas representaram o país.

Imagens da delegação brasileira nos jogos da Antuérpia. Em destaque, Afrânio da Costa, à esquerda e Guilherme Paraense à direita, de bigode. (Fonte: Governo do Brasil/Reprodução)Imagens da delegação brasileira nos jogos da Antuérpia. Em destaque, Afrânio da Costa, à esquerda e Guilherme Paraense à direita, de bigode. (Fonte: Governo do Brasil/Reprodução)

Até a conquista da medalha, Guilherme teve percalços na viagem, como falta de estrutura para chegar até às olimpíadas e equipamentos roubados. O atleta precisou utilizar o revólver emprestado pelos norte-americanos, mas isso não foi problema para ele. Na disputa de tiro rápido 25 m 60 tiros, o brasileiro garantiu o ouro ao somar 274 pontos, deixando para trás o norte-americano Raymond Bracken, que fez 272 pontos e o suíço Fritz Zulauf, que fez 269 pontos.

Na mesma edição, o país ainda conquistou uma medalha de prata e de bronze. A prata veio com Afrânio da Costa no dia 2 de agosto, tornando-o, portanto, o primeiro medalhista da história. Ele conquistou a medalha nos 50 m de pistola livre 60 tiros e o bronze veio na prova de pistola por equipes, tendo Guilherme Paraense no time, além de Afrânio da Costa, Sebastião Wolf, Dario Barbosa e Fernando Soledade. 

Em homenagem ao medalhista, em 2013, a Arena Guilherme Paraense foi construída em Belém. (Fonte: Mangueirinho/Reprodução)Em homenagem ao medalhista, em 2013, a Arena Guilherme Paraense foi construída em Belém. (Fonte: Mangueirinho/Reprodução)

O feito de Guilherme foi amplamente reconhecido no país e o atleta foi recebido pelo Presidente da República da época, Epitácio Pessoa, além de outras homenagens mais recentes, como a criação da Arena Guilherme Paraense, em Belém. Em 2020, o estande de tiro esportivo na região de Deodoro, no Rio de Janeiro, foi batizado com o nome do atleta pioneiro da modalidade no Brasil: Centro Militar de Tiro Esportivo Tenente-Coronel Guilherme Paraense.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.