Seja o primeiro a compartilhar

Conheça 6 nomes incomuns de cidades americanas com origens surpreendentes

Os nomes das cidades nos Estados Unidos frequentemente têm raízes interessantes, seja em homenagem a figuras históricas ou derivados de lugares distantes. Contudo, algumas cidades destacam-se por seus nomes incomuns, especialmente aqueles relacionados a animais. Mergulhe nas histórias de 6 nomes peculiares e descubra as fascinantes razões por trás deles.

1. Roach, Missouri

(Fonte: Getty Images / Reprodução)(Fonte: Getty Images / Reprodução)

Roach é uma palavra em inglês para se referir à barata. Contudo, a cidade de Roach, no Missouri, não tem qualquer relação com esses insetos indesejados. Surpreendentemente, a cidade recebeu seu nome em homenagem a uma família de colonizadores que se estabeleceu na região.

2. Hippo, Kentucky

(Fonte: Getty Images / Reprodução)(Fonte: Getty Images / Reprodução)

Apesar de se referir a hipopótamos, hippo já foi uma gíria usada para hipocondríacos. Nesse sentido, a cidade Hippo, localizada em Kentucky, tem raízes mais humanas. A cidade foi nomeada em homenagem a Bee Madison Craft, uma residente conhecida por suas reclamações persistentes, similar ao comportamento dos hipocondríacos.

3. Gibbon, Nebraska e Gibbon, Minnesota

(Fonte: Getty Images / Reprodução)(Fonte: Getty Images / Reprodução)

Gibbon, ou gibão em português, é um tipo de primata pertencente à família Hylobatidae. Eles são conhecidos por seus braços longos e habilidades acrobáticas nas árvores. Contudo, as cidades de Gibbon em Nebraska e em Minnesota não tem nenhuma relação com o animal.

Os nomes de ambas têm uma conexão com o general da Guerra Civil, John Gibbon. Além de ter liderado a famosa Brigada de Ferro, a complexidade de sua família, com membros lutando em ambos os lados da guerra, adiciona camadas intrigantes à história dessas comunidades. O nome torna-se um tributo a um líder militar notável, apesar das divisões familiares.

4. Beagle, Oregon

(Fonte: Getty Images / Reprodução)(Fonte: Getty Images / Reprodução)

Diferentemente de cidades que escolheram raças caninas como símbolos oficiais, o nome Beagle, em Oregon, não tem uma afinidade especial por essa raça específica. A cidade foi nomeada em homenagem ao primeiro agente dos correios americanos, William Beagle, destacando como indivíduos podem deixar sua marca na geografia local.

5. Worms, Nebraska

(Fonte: Getty Images / Reprodução)(Fonte: Getty Images / Reprodução)

A cidade de Worms, em Nebraska, não tem relação com vermes, como sugere seu nome. A história nos leva de volta ao século XIX, quando imigrantes alemães se estabeleceram na área. O nome Worms foi provavelmente inspirado na cidade homônima na Alemanha, refletindo as origens dos primeiros colonizadores.

6. Pigeon, Pensilvânia

(Fonte: Getty Images / Reprodução)(Fonte: Getty Images / Reprodução)

A cidade de Pigeon, na Pensilvânia, tem suas raízes profundamente conectadas à época em que os pombos dominavam os céus da região durante o século XIX. Pigeon — o nome em inglês para pombo — reflete a espetacular presença dessas aves migratórias, cujas vastas revoadas escureciam os céus, criando um cenário impressionante.

Esse período de abundância de pombos deixou uma marca indelével na história da cidade, influenciando não apenas sua paisagem, mas também levando à implementação de leis de conservação para proteger essas aves notáveis. Assim, Pigeon é mais do que uma mera referência a pombos em inglês; é um tributo simbólico à grandiosidade efêmera da fauna local e à importância da preservação ambiental.

As cidades americanas com nomes incomuns não são apenas simples curiosidades geográficas; cada uma carrega consigo uma história única e muitas vezes surpreendente. Seja uma homenagem a colonizadores, seja uma reflexão da personalidade local ou uma ligação única com a natureza, esses nomes peculiares adicionam uma dimensão fascinante à rica tapeçaria da história americana.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.