Seja o primeiro a compartilhar

Balneário Camboriú, Santos e outras 6 praias impróprias para banho no Brasil

Muita gente ficou chocada com a notícia de que a Praia Central, localizada em Balneário Camboriú, cidade de Santa Catarina, foi interditada para banho, de acordo com o último relatório do Instituto do Meio Ambiente do estado (IMA).

A praia, na parte mais importante da cidade, apresentou um resultado de 14.136 de bactérias Escherichia coli (presente no intestino humano e no de outros animais) por 100 mililitros de água. O limite aceitável de bactérias na água para banho é entre 800 e 1000.

Talvez você não saiba, mas outras praias famosas também já foram consideradas impróprias para banho. Vejamos a seguir quais são elas.

1. Balneário Camboriú, em Santa Catarina

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

É claro que não dá para iniciar essa lista sem citar a situação de Balneário Camboriú. Há vários locais poluídos na cidade, mas o que está em estado mais crítico é a Praia Central, na Barra Sul.

Apenas dois pontos ao norte da Praia Central, entre a saída do Rio Marambaia e a Rua 1001, tiveram uma contagem de coliformes fecais abaixo de 800, que é o aceitável. Mesmo assim, esses pontos seguem classificados como impróprios para banhos, pois é preciso passar por três análises seguidas para identificar a balneabilidade dos trechos.

2. Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro 

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

A cidade maravilhosa é conhecida justamente por conta de suas belas praias. Mas, mesmo esta capital, já teve alguns trechos de orla interditados em razão de suas águas impróprias para banhos. Uma dessas praias está localizada na Barra da Tijuca, numa região conhecida como Quebra-Mar. 

Esta praia foi contaminada pela Baía de Guanabara, que estava extremamente poluída e escoa para o litoral, tornando o espaço um perigo para os banhistas. Durante um bom tempo, os banhistas tiveram que ficar longe desse belo cartão postal.

3. Ubatuba, em São Paulo

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

A cidade de Ubatuba está localizada na mesorregião do Vale do Paraíba Paulista e na microrregião de Caraguatatuba. É uma estância balneária que tem 83% de seu território coberto pelo Parque Estadual da Serra do Mar.

Vários trechos da orla de Ubatuba estão interditados aos banhistas. Entre eles, estão Rio Itamambuca, Iperoig, Itaguá (avenida Leovegildo 24), Itaguá (Avenida Leovegildo 1724), Perequê Mirim, Lázaro e Dura.

4. Santos, em São Paulo

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

A famosa cidade de Santos, que é considerada a 13ª cidade mais populosa do estado de São Paulo, também está sendo afetada pelos problemas de poluição e contaminação das águas em suas praias.

Dentre os trechos que estão interditados, encontram-se as praias de Ponta da Praia, Embaré, Gonzaga, Aparecida e Boqueirão.

5. Boa Viagem, em Pernambuco

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

A paradisíaca praia de Boa Viagem está na parte sul do Recife, e é muito visitada por turistas. Mas, recentemente, a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) considerou alguns trechos da praia como impróprios para banhos. Além disso, vale lembrar que Boa Viagem também tem risco de ataques de tubarão.

6. Maragogi, em Alagoas

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

Maragogi, em Alagoas, é um ponto turístico que atrai brasileiros e estrangeiros. Contudo, de acordo com o critério balneabilidade, há muito o que melhorar. Conforme relatório do Conselho Nacional do Meio Ambiente, alguns trechos da praia têm excedido os limites aceitáveis da bactéria Escherichia coli e foram considerados impróprios para banhos.

Os trechos interditados são: em frente à foz do Rio Salgado, divisa com o município de Japaratinga; foz do Rio Maragogi, que separa as praias de Maragogi e Camacho; frente à Praça de Eventos, centro de Maragogi; e frente à foz do Rio Persinunga, em Peroba, divisa de Alagoas com Pernambuco.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.