Conheça a história do ‘Dia em que a Rússia Ficou sem Vodka’
1.787
Compartilhamentos

Conheça a história do ‘Dia em que a Rússia Ficou sem Vodka’

Último Vídeo

A Segunda Guerra Mundial é um marco na história mundial. As consequências do período extremamente sombrio serão para sempre lembradas pela humanidade. Estima-se  que as vítimas fatais dos anos em que o mundo estava em conflito tenham atingido entre 50 e 70 milhões de pessoas. Sem dúvida, o fim da Segunda Grande Guerra foi uma excelente notícia para todo o mundo, e toda grande notícia ocasiona uma grande comemoração. Na época não foi diferente, e os russos, quando ainda eram parte da União Soviética, que o digam. A festa nas ruas perdurou por mais de 20 horas, até que todos os estoques de vodka da cidade foram zerados. Dá para imaginar?

Tente pensar em um cenário mais ou menos assim: o Brasil vence uma guerra e a festa continua por muitas horas seguidas, levando a zero todos os estoques de cerveja do país. Ou seja, já se pode imaginar o tamanho da comemoração. E assim foi na Rússia, ou melhor, na antiga URSS.

Segundo o site Mental Floss, um repórter da época, em Moscou, relatou: “Eu tive sorte de conseguir comprar 1 litro de vodka na estação de trem, quando cheguei à cidade, porque depois não haveria como. Em 10 de maio não havia mais vodka em Moscou! Nós havíamos bebido tudo!”.

A notícia da paz na Europa gerou a ressaca de uma nação inteira. Na madrugada de 9 de maio de 1945, as rádios anunciaram que as tropas nazistas se renderam à União Soviética. A festa começou no mesmo momento, de maneira que as pessoas saíram às ruas até de pijamas para comemorar. Foram 22 horas até que Joseph Stalin retornasse ao país. Ao chegar, encontrou a nação completamente “seca”, sem a clássica bebida russa. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.