(Fonte da imagem: Reprodução/El Mundo)

De acordo com uma notícia publicada pelo El Mundo, uma equipe de cientistas britânicos e suíços desenvolveu uma estrutura molecular muito parecida com os aros que formam o símbolo olímpico. Batizada de “Olympicene”, a estrutura é 100 mil vezes mais fina do que um fio de cabelo, combinando a química orgânica sintética a técnicas de imagem.

Segundo os pesquisadores, ter uma aparência similar à do famoso símbolo olímpico não é a única utilidade da estrutura. Os cientistas afirmam que moléculas desse tipo podem oferecer grande potencial para a próxima geração de células solares de alta tecnologia e fontes de iluminação, como as lâmpadas de LED.

De acordo com a BBC, a ideia de dar a forma de aros à estrutura surgiu durante uma reunião, enquanto um dos cientistas da equipe, Graham Richards, rabiscava em um bloco de notas. Foi pensando em uma forma para que os pesquisadores pudessem contribuir para o evento que ocorrerá em Londres, além de estimular o interesse do público jovem e geral com relação à química, que a “Olympicene” foi concebida.

Fonte: El Mundo e BBC