Você se lembra de que comentamos há pouco que uma nave robótica da NASA conseguiu capturar imagens das bandeiras norte-americanas deixadas na Lua, e que ninguém sabia dizer ao certo qual era o seu atual estado de conservação? Então...

Parece que o tema deixou muita gente intrigada, e o pessoal do Gizmodo publicou uma notícia na qual alguns especialistas afirmam que as bandeiras teriam perdido completamente as cores, ficando totalmente brancas devido às duras condições ambientais do satélite.

De acordo com Paul Spudis, um cientista lunar, se os tecidos aqui na Terra perdem as cores e ficam danificados ao longo do tempo, imagine o que aconteceria com as bandeiras deixadas na Lua durante mais de 40 anos!

Bandeiras da paz

Segundo Spudis, esses objetos ficaram expostos a temperaturas variando a cada 14 dias de abrasadores 100°C a congelantes – 150°C, além de enfrentar períodos de escuridão e luz. Os objetos, originalmente feitos de nylon, também tiveram que resistir à intensa incidência direta de raios ultravioleta, já que a Lua não conta com uma camada atmosférica protetora como a nossa, e é uma verdadeira surpresa o fato de que eles ainda existam.

Dessa forma, a plaquinha deixada pelos primeiros astronautas a pisar sobre o solo lunar, dizendo que eles iam em paz, em nome de toda a humanidade, está bem justificada — com meia dúzia de bandeirinhas brancas reforçando essa ideia.

Fonte: Gizmodo