Com vontade de fazer turismo subterrâneo? Confira aqui 8 dicas de passeios
165
Compartilhamentos

Com vontade de fazer turismo subterrâneo? Confira aqui 8 dicas de passeios

Último Vídeo

Você gosta de viajar, conhecer lugares diferentes, aprender mais a respeito de novas culturas e costumes? Pois então conheça algumas opções de turismo não muito populares e que vão deixar você um pouco para baixo... Da terra.

Sim, estamos falando de lugares subterrâneos que podem – e devem – ser visitados. Confira a seguir uma lista com os melhores destinos nesse sentido e, nos comentários, conte-nos quais são seus lugares favoritos:

1 – Túneis Cu Chi, Vietnam

Fonte da imagem: Reprodução/MNN

A rede de túneis já chegou a medir quase 200 km de comprimento por 1 metro de diâmetro, e hoje uma parte dela pode ser visitada por turistas que conferem de perto um dos principais esconderijos usados por soldados até 1975. Apesar de ser uma estrutura relativamente estreita, ela dispunha de pequenos centros de comando, refeitórios e cômodos para feridos.

2 – Metrô Underground, Londres

Fonte da imagem: Reprodução/MNN

Se você já foi a Londres, provavelmente está familiarizado com essas plaquinhas. Conhecida pelos moradores da cidade como “The tube” – o tubo, em uma tradução livre –, a linha de metrôs não só é uma das melhores e mais eficientes do mundo como é também muito antiga, com mais de 150 anos. Algumas estações já foram usadas, inclusive, como abrigo durante os bombardeios da Segunda Guerra Mundial.

3 – Eisriesenwelt, Áustria

Fonte da imagem: Reprodução/MNN

Conhecida como a maior caverna de gelo no mundo, a Eisriesenwelt é uma belíssima combinação de pedras e geleiras, que inclui cachoeiras congeladas em sua paisagem subterrânea, considerada uma das mais belas do mundo. O período de visitação começa em maio e segue até outubro.

4 – Museu Subterrâneo Rynek, Polônia

Fonte da imagem: Reprodução/MNN

Localizado a 4,5 metros abaixo do mercado central de Cracóvia, o local onde o museu está situado foi construído há mais de 1.000 anos e conta com a presença de um cemitério de mesma idade, além, é claro, de vestígios de construções medievais. É uma oportunidade de ver raridades arqueológicas no exato local onde foram descobertas.

5 – Túneis e porões em Viena

Fonte da imagem: Reprodução/MNN

As atrações arquitetônicas da Áustria vão além do que se pode ver nas construções espalhadas pelo país. Se você tiver a oportunidade de ir a Viena, não deixe de visitar algumas criptas encantadoras que guardam belezas históricas do local a alguns metros abaixo do chão. O filme “O Terceiro Homem” foi produzido em alguns desses túneis subterrâneos.

6 – Catacumbas de Roma

Fonte da imagem: Reprodução/MNN

Essas são as catacumbas mais famosas do mundo e foram encontradas na capital italiana. Várias agências de turismo oferecem visitas a esses lugares sombrios, com caveiras totalmente preservadas em muitos casos.

7 – Metrô de Moscou

Fonte da imagem: Reprodução/EdvaldoCorrea

O maior metrô do mundo, com suas 185 estações espalhadas em 305 km, é famoso por motivos que vão além de sua eficiência e grandiosidade. As estruturas das estações refletem o desejo soviético de vencer a Segunda Guerra Mundial e a imposição de uma arquitetura “stalinista”, que pretendia reconhecer o triunfo do líder da União Soviética.

8 – Catacumbas de Paris

Fonte da imagem: Reprodução/BootsNall

Também são famosas pela sua história e impressionam visitantes do mundo todo. Tradicionalmente, o local era um ossuário, mas recebeu o nome de catacumba devido à popularidade das estruturas de Roma, citadas no item 6. Tudo começou com a transferência de ossos do Cemitério dos Inocentes para as pedreiras subterrâneas, em 1786. O local continuou recebendo ossadas até 1814 e atualmente é aberto à visitação.

*Publicado em 16/05/2013

***

O Mega está concorrendo ao Prêmio Influenciadores Digitais, e você pode nos ajudar a sermos bicampeões! Clique aqui e descubra como. Aproveite para nos seguir no Instagram e se inscreva em nosso canal no YouTube.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.