Mulher faz aborto para salvar a vida do próprio irmão
3.369
Compartilhamentos

Mulher faz aborto para salvar a vida do próprio irmão

Último Vídeo

O que você faria se tivesse que escolher entre salvar a vida de seu filho ou a de seu irmão? A chinesa Yang Li, de 24 anos, optou pela do irmão, Yang Jun, de 29, que precisava urgentemente de um transplante de medula para sobreviver. Só que, para se submeter à doação, ela precisou interromper uma gravidez.

Tudo começou em setembro de 2015, quando o homem descobriu um linfoma. Ele passou por 5 sessões de quimioterapia, 18 sessões de radioterapia e 1 transplante autólogo de medula, isto é, recebeu um transplante de suas próprias células-tronco tratadas para eliminar qualquer vestígio do câncer.

A recuperação parecia estar no caminho, mas em junho deste ano o linfoma retornou. Nesse momento, os médicos explicaram a Jun que sua única salvação seria um transplante de medula óssea e que sua irmã era a pessoa mais compatível para isso. Com a notícia, veio o dilema: como contar à irmã caçula que ela seria sua salvação, sendo que ela estava grávida?

Destino colocou escolha complicadíssima na vida de dois irmãos

Irmão protetor

Jun pensou na própria filha de 7 anos e em como ela poderia crescer sem um pai. Com isso, acabou revelando seu drama à irmã, que teve que decidir entre dar continuidade à gravidez ou tentar salvar a vida do irmão. Ela estava na 12ª semana de gravidez de seu primeiro filho, por isso a decisão era tão complicada.

“Eu cresci em uma pequena aldeia na província de Henan, e nossa família era muito pobre. Por conta disso, eu tive que ir morar com minha tia. Nessa época, meu irmão já trabalhava fora e sempre me trazia presentes quando ia nos visitar”, relata a mulher. Depois de se formar no ensino médio, ela se mudou para a cidade onde o irmão morava, e ele passou a ser seu protetor.

“Meu irmão estava tão preocupado com a minha segurança que ia me buscar no trabalho todos os dias. Se eu não tinha dinheiro o suficiente para comer, ele me levava para o supermercado e comprava um monte de coisas deliciosas”, relembra Yang Li. Entretanto, a decisão de interromper a gravidez precisava ser discutida com outras pessoas envolvidas.

Yang Jun sempre protegeu a irmã Yang Li

Heroína

A jovem recebeu apoio do marido e dos sogros para fazer o aborto que permitiria que ela se transformasse na doadora de medula de seu irmão. Ela acabou se submetendo ao procedimento no começo de outubro e agora aguarda sua recuperação completa para poder entrar na sala de cirurgia e salvar a vida de Yang Jun.

Agora, outro problema na vida dos irmãos é arrecadar o dinheiro necessário para o transplante. Em tratamentos anteriores, Jun já gastou o equivalente a R$ 140 mil, e agora precisa de mais R$ 95 mil para a cirurgia. Ele está confiante de que a parte monetária será o menor dos percalços para sua sobrevivência.

A mulher tem se tornado uma espécie de heroína na China por conta de seu gesto de praticar um aborto para salvar a vida do irmão. Isso deve ser suficiente para que outras pessoas doem o dinheiro necessário para que eles superem mais essa etapa na jornada contra o linfoma de Jun. Tomara!

Yang Li espera a recuperação total após aborto para se submeter ao transplante

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.