Café forte! Saiba qual a relação entre a cafeína e suas ereções
171
Compartilhamentos

Café forte! Saiba qual a relação entre a cafeína e suas ereções

Último Vídeo

Quem não gosta de tomar uma boa dose de café – ou de qualquer coisa com um bocado de cafeína? Tem gente que degusta um preparado à base de muita manteiga enquanto outros preferem os que vem das fezes de animais, mas o mais importante é que todo mundo tem uma receitinha para começar bem o dia.

Pois bem, os pesquisadores da University of Texas Health Science Center de Houston, Texas, descobriram que os homens que bebem uma quantidade de cafeína equivalente a dois ou três copos por dia são menos suscetíveis a ter disfunção erétil (DE).

Segundo a pesquisa, os membros do sexo masculino que consumiram diariamente de 85 a 170 miligramas de cafeína tiveram 42% menos chances de sofrer disfunções, enquanto aqueles que ingeriram de 171 a 303 miligramas tiveram menos 39%. Foram avaliados 3,7 mil indivíduos, que responderam um questionário sobre a ingestão da substância nas últimas 24 horas.

O perigo da diabetes

É importante ressaltar que, embora os pesquisadores tenham conseguido identificar a redução da disfunção erétil em obesos, pessoas acima do peso ou hipertensas, o resultado não foi o mesmo para os diabéticos.

O analista David Lopez, em entrevista concedida ao Huffingtonpost, explicou que a cafeína não conseguiu superar os efeitos prejudiciais da diabetes. Todavia, ele revelou não estar surpreso com o resultado, visto que a doença é um dos principais fatores de risco associados com a DE.

Eita cafezinho forte!

Os pesquisadores informaram que, provavelmente, um dos efeitos da cafeína no corpo inclui relaxar as artérias helicinas do pênis, o que aumenta o fluxo de sangue no órgão e ajuda a formar a ereção.

Durante os estudos, os participantes tomaram bebidas energéticas e sodas, além de café e chá.  Porém, Lopez defende que os dois primeiros líquidos também contêm uma série de ingredientes desconhecidos e muita glicose.

“Uma coisa é certa: a açúcar está diretamente ligada à diabetes. Claro que existem alguns produtos que não possuem essa substância, mas eles contêm outros ingredientes que estão associados ao câncer”, explica o doutor.

Lopes ainda alerta que a pesquisa faz apenas uma relação entre as disfunções eréteis e a cafeína, portanto não pode recomendar nenhuma dose de ingestão exata. Logo, nada se entupir de café como afrodisíaco!

A hora certa de tomar café

Embora a primeira coisa que a maioria de nós faz é tomar uma bela caneca de café ao acordar, o canal ASAP Science revelou que isso está muito errado. Na verdade, existe um período certo e toda uma preparação corpórea que abrange o processo. Abaixo, você confere o vídeo explicando os detalhes. Caso queira, você pode acionar as legendas em inglês, mas depois nós explicaremos direitinho como é que funciona.

***

Segundo o vídeo, nós temos um relógio interno chamado ritmo circadiano, sendo que é ele quem controla como nos sentimos durante o dia, liberando pequenas doses de um hormônio chamado cortisol – também conhecido como hormônio do stress.

Das 8 às 9 da manhã, o nível de cortisol no corpo está mais alto. Isso significa que você possui um mecanismo natural para acordar. Embora pareça que consumir cafeína no pico do hormônio ajude a criar energia, os cientistas desvendaram que fazer isso, na verdade, reduz o efeito da substância. Assim, você cria uma tolerância maior à droga e reduz seu efeito de alerta.

Portanto, o certo seria tomar café depois do pico de cortisol que acontece às 9h. Além disso, os analistas descobriram que durante o dia o cortisol aumenta das 12-13h e das 5:30-6:30h. Logo, é recomendável ingerir cafeína fora desses horários.

Em geral, os picos de liberação do cortisol e o seu ritmo circadiano são principalmente regulados pelo sol. Portanto, não há muita relação com a sua escala de sono. 

Mas o que acontece quando você acorda muito cedo ou tarde? Será que uma boa dose de café seria uma boa ideia? Não. Os pesquisadores descobriram que o nível de cortisol também aumenta 50% logo após o despertar, independentemente da hora. O recomendável é esperar pelo menos uma hora depois de acordar. Assim, o corpo já regulou os níveis de cortisol, o ritmo circadiano já se ajustou e você já pode entornar o caneco – de café.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.