Os Simpsons: série pode ter previsto a invasão do Capitólio

Na quarta-feira (06), um ato de violência tomo o Capitólio dos Estados Unidos, quando apoiadores de Donald Trump invadiram o local para interromper a cerimônia de certificação da vitória eleitoral de Joe Biden.

A situação exigiu que o prefeito de Washington, Muriel Bowser, declarasse um toque de recolher que durou de ontem à noite até hoje de manhã, e ainda pedisse ajuda da Guarda Nacional para restabelecer a ordem.

O ocorrido foi condenado por líderes no mundo inteiro e causou a demissão de vários funcionários da Casa Branca, além de surpreender a população mundial de mais de uma forma, pois em determinado momento, as pessoas começaram a se lembrar que Os Simpsons poderiam ter previsto tudo isso.

O quarto episódio da 32ª temporada da série animada, chamado Treehouse of Horror XXXI, foi ao ar em 01 de novembro de 2020, e tecnicamente seria uma forma de incentivar os americanos a votarem nas eleições presidenciais.

A trama mostra que Homer acaba dormindo demais no fatídico dia, e quando Marge o acorda para avisar que ele tinha perdido a chance de votar, o homem responde com “O quão ruim pode ser?”. É então que a próxima cena nos mostra o início de janeiro deste ano, com Springfield tomada por um cenário verdadeiramente apocalíptico. 

Os internautas compararam as cenas da confusão desta quarta-feira com as do desenho e as semelhanças dão até um frio na espinha.

Vale lembrar que mesmo sendo exibido no final do ano passado, os episódios demoram meses para serem produzidos, então os criadores já haviam pensado nessas possíveis repercussões bem antes de Trump afirmar sem provas algumas que as eleições foram fraudulentas. 

É claro que tudo não passa de uma grande coincidência assombrosa, mas mesmo assim, esta é mais uma previsão que os criadores da série acertaram em cheio.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.