Mito ou verdade: o coração 'pula' uma batida quando espirramos?
731
Compartilhamentos

Mito ou verdade: o coração 'pula' uma batida quando espirramos?

Último Vídeo

Você já ouviu falar que, quando espirramos, a reação que ocorre em nosso corpo é tão violenta que o nosso coração chega a “pular” uma batida, como se tivesse parado momentaneamente? Mas, antes de explicarmos se essa história é verdadeira ou não, que tal saber um pouco mais sobre os espirros?

Segundo a The Library of Congress, o espirro começa com uma sensação de coceira ou irritação nas terminações nervosas do nosso nariz que, por sua vez, enviam um sinal ao cérebro indicando que existe algo nas mucosas do qual ele precisa se livrar. Primeiro inspiramos profundamente, fazendo com que a nossa musculatura peitoral fique enrijecida.

Saúde!

Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia

Depois, a pressão nos pulmões aumenta, fechamos os olhos, pressionamos a língua contra o céu da boca e... Atchim! O interessante é que a variação de pressão no nosso peito altera o fluxo sanguíneo, o que pode resultar em uma alteração no ritmo cardíaco. E quando ocorre um pequeno “atraso” entre um batimento e outro, o próximo pulso é um pouco mais forte e, portanto, mais perceptível do que os demais.

Portanto, a ideia de que o coração chega a dar uma paradinha quando espirramos, embora seja apenas uma simples impressão, pode ter se originado graças a essa variação no ritmo do batimento cardíaco. Assim, respondendo à pergunta do título, essa história de que o coração “pula” uma batida quando espirramos é puro mito.

Curiosidades sobre o espirro

Fonte da imagem: shutterstock

  • O espirro é um reflexo automático e não pode ser parado uma vez que o processo seja desencadeado;
  • As pessoas não espirram enquanto estão dormindo, pois os nervos envolvidos nessa ação estão relaxados;
  • Entre 18% e 35% da população espirra quando é exposta de maneira abrupta à luz forte;
  • O espirro pode alcançar a inacreditável velocidade de 160 quilômetros por hora, e o “spray” de saliva pode se espalhar a 1,5 metro de distância;
  • Algumas pessoas espirram ao tirar pelinhos da sobrancelha porque as terminações nervosas da face, ao serem estimuladas, provocam sinais que desencadeiam um impulso que chega aos nervos nasais;
  • O mais longo episódio de espirros de que se tem notícia é o de uma mulher inglesa que espirrou durante 978 dias — a intervalos de um espirro por minuto no início — seguidos.

*Publicado originalmente em 28/06/2013.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.