Mito ou verdade: os carecas são mesmo mais viris do que os cabeludos?
448
Compartilhamentos

Mito ou verdade: os carecas são mesmo mais viris do que os cabeludos?

Último Vídeo

Apesar de uma grande parcela dos calvos assumir sua “carequice” com cabeças raspadas e reluzentes, a verdade é que os que estão começando a perder os cabelos não estão muito felizes com essa situação, não! Aliás, existe uma indústria bilionária voltada a esse público, oferecendo opções de tratamento como loções milagrosas, implantes, sprays, perucas e medicamentos. Mas, por que, afinal, os fios caem?

O problema consiste em um afinamento e queda de cabelo provocada por uma combinação de fatores genéticos e hormonais e está diretamente relacionado com a testosterona — hormônio sexual masculino. Como as mulheres também produzem pequenas quantidades dessa substância, a calvície não é uma exclusividade masculina, e elas também estão sujeitas a ficar carecas.

A lenda dos carecas

Essa relação entre a queda dos fios e a ação da testosterona deu origem à ideia de que os carecas deviam, então, produzir maiores quantidades de hormônio masculino e que, portanto, seriam mais viris do que os cabeludos. Entretanto, teoricamente todos os homens — sejam eles calvos ou não — produzem a mesma quantidade dessa substância e, além disso, não é o nível de testosterona que provoca a calvície.

Fonte da imagem: shutterstock

Na verdade, o processo ocorre devido à interação entre a DHT — uma forma derivada da testosterona — e os receptores de andrógenos presentes nos folículos pilosos, o que provoca o enfraquecimento e a queda dos fios. Assim, quanto maior for a quantidade desses receptores, maior será essa interação e, evidentemente, mais intensa será a perda de cabelo, até que a produção de fios pelos folículos eventualmente deixa de ocorrer.

Além disso, a presença de uma grande quantidade de DHT circulando pelo organismo também não significa necessariamente que um indivíduo se tornará calvo. É necessário que esse excesso de receptores esteja presente no couro cabeludo. Sendo assim, até que o contrário seja comprovado cientificamente, essa história de que os carecas são mais machões do que os cabeludos não passa de um mito.

Curiosidades sobre a calvície

Fonte da imagem: shutterstock

  • Um dos primeiros a perceber uma relação entre hormônios masculinos e perda de cabelos foi o grego Hipócrates, que notou que a castração prevenia a calvície nos eunucos;
  • Foi apenas na década de 40 que o problema foi estudado em mais detalhes, quando o anatomista norte-americano James Hamilton pesquisou os efeitos da testosterona na queda de cabelo em uma dupla de gêmeos, um castrado e o outro não;
  • Estima-se que 10% dos homens entre 20 e 30 anos de idade sofram de calvície;
  • De cada 10 homens com menos de 70 anos de idade, oito apresentam predisposição como fator hereditário para ficarem carecas;
  • Segundo a OMS, 50% da população masculina apresentarão algum grau de calvície antes dos 50 anos de idade;
  • As mulheres também produzem — ainda que em uma quantidade muito menor — a testosterona, e estima-se que 5% delas sofram com o problema;
  • Um estudo conduzido por pesquisadores norte-americanos revelou que os calvos são percebidos pelos demais como sendo homens mais poderosos.
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.