(Fonte da imagem: Reprodução/Wikipédia)

A maioria de nós tem uma rotina tão intensa, que chega o fim do dia e não somos capazes sequer de lembrar o que comemos no almoço. Contudo, de acordo com um artigo publicado pela Time Magazine, ser mais antenado é preciso, e existem algumas formas de melhorar a nossa capacidade de observação e memória.

Olhar não é o mesmo que observar, e é justamente isso o que a maioria de nós faz durante o dia, seja no ambiente de trabalho, na rua, na escola etc. Cientistas, por exemplo, que desenvolvem o seu trabalho com base em observações, primeiramente treinam a sua atenção, aprendendo a focar no que é relevante e a dispensar todos os aspectos que não são necessários.

Tenha um bloco de notas sempre à mão

Uma das formas mais eficazes de desenvolver essa habilidade é através do velho hábito de fazer anotações, seja por meio de descrições ou desenhos, do que está sendo observado. Essa habilidade nos ensina a tomar decisões sobre o que realmente é importante e o que é irrelevante.

E qual seria a importância disso na nossa vida diária? Através das anotações, somos capazes de quantificar dados — que podem estar relacionados ao nosso trabalho, por exemplo —, forçando a nossa mente a realmente dar atenção ao que está acontecendo ao nosso redor, analisando esses eventos em vez de apenas deixar que eles passem desapercebidos.

Treine a sua mente

Um técnica sugerida pela Time Magazine, que pode ser empregada em nossa rotina diária, seria relacionar um número para cada episódio que você observar. Por exemplo, se você trabalha em uma loja, quantas vezes um cliente manuseou um determinado item antes de decidir compra-lo? Depois volte e analise os dados que você anotou, tentando pensar em hipóteses para melhorar ou solucionar dificuldades.

Além disso, não se esqueça de que muitos dos grandes descobrimentos e teorias revolucionárias surgiram dessa forma, assim que, embora seja muito mais trabalhoso do que apenas olhar o mundo, a capacidade de observação é uma das habilidades que qualquer um que deseje ser bem sucedido deveria aprender a desenvolver.

Fonte: Time Magazine