(Fonte da imagem: Reprodução/ROBOTS.NET)

De acordo com uma notícia publicada pela Universidade da Califórnia em Berkeley, um grupo de pesquisadores criou um mapa que mostra como o cérebro organiza as nossas ações cotidianas e os objetos que vemos todos os dias. O gráfico foi chamado de “Semantic Space” (ou “Espaço Semântico”, em tradução livre).

Para desenvolver o mapa, os pesquisadores avaliaram a atividade cerebral de cinco voluntários, que foram submetidos a exames de ressonância magnética (MRI) durante duas horas, enquanto assistiam a trailers de filmes. Cada um dos vídeos foi analisado previamente, para que os cientistas pudessem monitorar a forma como o cérebro dos participantes reagia com relação aos diferentes objetos e ações presentes neles.

Mapeamento

Através da ressonância, os pesquisadores puderam acompanhar o fluxo sanguíneo cerebral, observando quais eram as áreas estimuladas durante a exibição dos clipes. Depois, os cientistas utilizaram uma técnica estatística chamada “regressão” para determinar como as aproximadamente 30 mil áreas dos cérebros dos voluntários que estavam sendo monitorados se relacionavam com os 1.700 objetos e ações presentes nos trailers.

Os pesquisadores observaram através dos exames que, em vez de diferentes tipos de objetos serem representados por diferentes áreas do córtex visual — como se acreditava —, na verdade o estudo revelou uma rede muito mais complexa, com diversas sobreposições de associações que vão além do córtex cerebral, estimulando cerca de 20% de todo o cérebro durante o processo de categorização do cotidiano.