O vídeo acima mostra o trabalho do designer Kouichi Okamoto, que traduziu o processo de geração de pensamentos no cérebro por meio de milhares de gotas de metal fundido que se interligam através de um emaranhado metálico para acender uma lâmpada de LED, localizada bem no centro de toda a estrutura.

Assim, Okamoto pacientemente criou milhares de conexões elétricas — ou neurônios metálicos — com gotas de solda, posicionando um eletrodo positivo no “lobo esquerdo” do cérebro e um negativo no direito. Os dois hemisférios são alimentados por uma pequena bateria para acender a pequena lâmpada central, que simboliza o pensamento humano. Confira mais imagens do cérebro de Okamoto na galeria abaixo: