Gêmeos idênticos decidem pôr à prova a eficiência de dietas da moda
69
Compartilhamentos

Gêmeos idênticos decidem pôr à prova a eficiência de dietas da moda

Último Vídeo

De acordo com a BBC, uma dupla de médicos britânicos — os gêmeos idênticos Alexander e Chris Van Tulleken — resolveu seguir dois regimes populares para comparar os resultados. A ideia do “experimento” foi avaliar da forma mais objetiva possível as vantagens e as desvantagens das dietas escolhidas, enquanto os irmãos competiam para ver qual dos dois perdia mais peso.

Assim, durante o período de um mês e sob o olhar atento de uma nutricionista, Alexander optou por adotar uma dieta rica em proteínas, cortando totalmente a ingestão de carboidratos (ou açúcares), enquanto Chris decidiu reduzir o consumo de gordura. Além disso, ambos podiam comer o quanto quisessem dos alimentos permitidos, e seguiram uma rotina de atividades físicas parecida. O resultado do “duelo” foi surpreendente.

Combate alimentar

Fonte da imagem: Reprodução/BBC

Segundo a BBC, Alexander, que passou o mês inteiro se alimentando apenas de ovos, queijos, peixes e carnes, emagreceu um pouco mais do que o irmão — que consumiu apenas alimentos com menos de 2% de gordura —, perdendo um total de aproximadamente 5 quilos. Os dois confessaram que tanto um regime quanto o outro, apesar de terem efeitos diferentes sobre seus organismos, foram igualmente penosos de seguir.

A avaliação dos resultados envolveu exames médicos e testes físicos, além dos relatos dos gêmeos sobre suas mazelas dietéticas. Chris, o da dieta pobre em gorduras, contou que se sentia constantemente faminto e que ele se pegava “beliscando” o tempo todo. Alexander, por sua vez, embora não tenha sentido fome, disse que a dieta rica em proteínas o deixou com pouca energia, e que ele sofreu com dores de cabeça frequentes.

Conforme contou o gêmeo da dieta proteica, quando eliminamos todos os carboidratos das refeições, eliminamos junto toda a alegria — por assim dizer — das comidas. Além disso, ao cortar todas as frutas e vegetais (que contêm altos índices de carboidratos), sofremos com a constipação. O regime pobre em gordura não fica muito atrás. Mas e o veredito final?

Carboidratos x gordura

Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail

Os testes de sangue mostraram que nenhuma das dietas — embora tenham resultado na perda de peso — é muito beneficial em longo prazo, podendo ter influências negativas sobre a saúde. O gêmeo do regime pobre em gorduras teve um aumento no nível de açúcar no sangue, o que, com o tempo, pode causar sérios problemas.

Já os exames do irmão da dieta pobre em carboidratos mostraram que seu organismo obtinha a energia necessária para funcionar das proteínas que ele consumia, assim como dos músculos de seu corpo, explicando o cansaço constante que ele sentia. No fim das contas, nenhuma das duas dietas é ideal, e nenhuma das substâncias eliminadas do cardápio — carboidratos e gordura — são tão terríveis assim.

Com o experimento, os médicos concluíram que eliminar determinados grupos de alimentos completamente do cardápio — sejam eles ricos em açúcares, gorduras ou até as carnes — não é necessariamente a melhor maneira de entrar em forma. O ideal, no fim das contas, é seguir o que todo mundo está cansado de ouvir: uma dieta balanceada que inclua frutas, verduras, proteínas e carboidratos do bem, evitando alimentos processados. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.